Diretor de Esquadrão Suicida desfaz confusão e confirma quem é o Robin morto no DCEU

Cena de Esquadrão Suicida (Reprodução)
Cena de Esquadrão Suicida (Reprodução)

Muitos fãs já estavam desconfiados sobre a morte do personagem Robin, após uma cena de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça em que Batman, interpretado por Ben Affleck entra na Batcaverna e se depara com o traje de seu pupilo completamente pichado, possivelmente uma obra do Coringa (Jared Leto) para zombar do herói. No filme seguinte, Esquadrão Suicida, quando Amanda Waller (Viola Davis) apresenta Arlequina (Margot Robbie) para os executivos da segurança nacional, um card aparece na tela dizendo que ela foi cúmplice do assassinato de Robin.

Os fãs acreditavam que era Jason Todd (o segundo Robin) quem a anti-heroína havia matado sob influência de seu namorado, assim como no arco da história em quadrinhos Death in The Family. Mas Zack Snyder revelou que não só o Robin em questão era Dick Grayson, como disse que irá trabalhar isso em seu Snyder Cut de Liga da Justiça ao ser questionado por um fã.

Traje de Robin do DCEU
Traje de Robin do DCEU (Reprodução)

Agora, David Ayer, diretor de Esquadrão Suicida também publicou no seu Twitter, ecoando a declaração de Snyder, e dizendo que de fato foi Dick quem morreu. “Qual a confusão? Coringa matou Dick Grayson. Essa era a intenção original de Zack”, escreveu.

Anteriormente o cineasta havia dito que Jason Todd quem tinha morrido. “Na minha cabeça, isso aconteceu depois que os Coringa teve os dentes destruídos pelo Batman por ter matado Jason Todd”, disse ele em um Tweet sobre a dentição metálica do seu vilão de cabelos verdes. E os fãs claro, foram lhe cobrar explicações, e dessa vez ele se explicou brincando: “Foi um clone robô que disse isso. Meu eu real estava dirigindo um ônibus”.

Ele chegou inclusive a ser questionado por um fã se Jason Todd estava em sua versão original de Esquadrão Suicida, e respondeu negativamente. Ayer, pretende ter o mesmo tratamento de Snyder dentro da Warner Bros., e conseguir que sua versão de Esquadrão seja disponibilizada pelo HBO Max. Ele conta como vantagem o fato de não precisar regravar cenas, nem reeditar o material, que já conta com a edição original feita por ele, antes dos cortes oficiais.