Diretor de Legends Of Tomorrow explica como foi idealizada paródia de Friends no programa

Marc Guggenheim, showrunner do Arrowverse
Marc Guggenheim, showrunner do Arrowverse (Divulgação/ The CW)

Marc Guggenheim, antigo showrunner de Arrow foi chamado para dirigir um episódio de DC’s Legends Of Tomorrow, na The CW. Ele já era uma figura conhecida de muitos atores que já passaram pela série do arqueiro verde, e disse que a tarefa mais difícil foi não rir enquanto dirigia o novo episódio da atração que se concentrou em tirar sarro de outras séries como Friends, Downton Abbey e Star Trek.

Ele revelou em conversa ao site TV Line que nunca quis dirigir Arrow, por medo do que pudesse acontecer. “Eu realmente nunca quis dirigir Arrow. Eu sempre senti que Arrow não era um programa que os diretores iniciantes devessem fazer – e isso não quer dizer que não tenhamos tido diretores iniciantes em Arrow. Mas apenas a natureza do programa, a natureza da ação, não é para alguém novato fazer, e eu venho dizendo isso, basicamente, há oito anos. Teria sido altamente hipócrita da minha parte repente dirigir meu primeiro episódio por lá”

Segundo ele, se sente mais à vontade em Legends por ser uma estrutura mais fácil. “O que foi tão divertido em trabalhar nessas pequenas homenagens de outras séries em Legends, foi que filmamos cada uma delas tentando ser fiéis aos espíritos das mesmas. Por exemplo, para Friends, o departamento de arte criou um cenário parecido com o proscênio, conjunto de várias câmeras para uma comédia de meia hora e filmamos como eles faziam lá, meia hora com várias câmeras. Nós tínhamos três câmeras trabalhando, e a encenamos como se fosse um episódio de Friends. Com Downton Abbey, favorecíamos lentes longas e, quando estamos na cozinha com os criados, vamos para o computador de mão”, disse.

“Com Star Trek, são muitos bonecos e uma espécie de empurrão dramático. Então, nós realmente tentamos não apenas parecer os programas individuais, mas realmente fazer com que os atores se sentissem naquelas séries. Fizemos miniaturas das naves espaciais em vez do nosso CGI normal. Então construímos um navio romulano, construímos o Faterider e, em seguida, fizemos um dia inteiro de filmagem em chroma key. Fizemos a técnica da velha escola desenvolvida em Star Wars, onde você move a câmera, não os navios, e cria a ilusão de que o navio está se movendo. Então, trouxemos todas as técnicas da velha escola”, disse ele. Será que isso vai ficar bom? O episódio vai ao ar na próxima semana na Warner Channel.