Diretor de Novos Mutantes explica o motivo para escolha polêmica de Henry Zaga no novo filme

Henry Zaga como Roberto da Costa em Os Novos Mutantes (Reprodução)
Henry Zaga como Roberto da Costa em Os Novos Mutantes (Reprodução)

Josh Boone, diretor de Novos Mutantes, não se incomoda com as críticas que recebeu pela escalação de Henry Zaga para o papel de Roberto da Costa, o mutante brasileiro conhecido como Mancha Solar. As críticas surgiram, pois, nos quadrinhos Mancha Solar é um brasileiro negro, enquanto Zaga, que também é brasileiro, tem a pele clara.

“Meu objetivo era encontrar o melhor ator que, por ter feito tão pouco trabalho, fosse pelo menos o mais próximo do que vi em minha cabeça para o personagem”, disse ele ao Gizmodo. “Não havia ninguém que se comparasse a Henry”

A polêmica foi levantada no Brasil, em um momento no qual o país assiste a diversos episódios de discriminação racial contra afro-brasileiros negros. Há menos de um mês, o caso de um entregador ganhou repercussão nacional. Boone diz não se preocupar com o racismo por aqui.

 “Não me importei muito com o racismo de que ouvi falar no Brasil, sobre pele clara versus pele escura. Para mim, queria representar o Brasil de uma maneira positiva e queria encontrar alguém que parecesse como se ele tivesse um pai muito rico e [Henry] apenas exemplificou todas essas coisas”, justificou.

Novos Mutantes estreia nos cinemas brasileiros em 10 de setembro. A data foi adiada por diversas vezes por inúmeros motivos. A produção foi rodada em 2016 e chegou a ter o lançamento anunciado para 2018, e mais duas datas para o lançamento foram anunciadas para 2019. Este ano, a data inicialmente divulgada também não aconteceu, devido a pandemia do novo Coronavírus, que atingiu em cheio a cultura pop.

Boone garante que o lançamento do longa-metragem nunca foi uma questão. “Eu nunca me preocupei sobre quando o filme sairia, porque ainda não acho que haja outro filme de super-herói que tente fazer essas coisas. Até que alguém o faça, eu digo que somos os únicos”, analisou.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.