Diretor de Os Novos Mutantes revela como seria a trilogia do filme

Os Novos Mutantes
Os Novos Mutantes (Divulgação)

Os Novos Mutantes é um dos próximos lançamentos da Disney, e depois de vários adiamentos, parece que finalmente irá para os cinemas no fim de agosto (se a pandemia causada pelo novo coronavírus) deixar. Produzido ainda pela Fox Films antes da fusão com a casa do Mickey Mouse, ele poderia ser bem diferente conforme explicou seu diretor Josh Boone numa entrevista durante a Comic Con At Home, evento online que substituiu a Comic Con San Diego.

Segundo ele, este primeiro filme abriria uma trilogia, em que o segundo mostraria uma invasão alienígena e o terceiro seria uma adaptação de Inferno, famosos quadrinhos dos X-Men. “Então, depois que eu fiz o filme A Culpa é das Estrelas eu corri de volta para a Fox e disse: ‘Vocês têm que me deixar desenvolver Os Novos Mutantes’. Knate Lee [co-autor] e eu fizemos uma história em quadrinhos, que era como um PDF onde tínhamos ido e tirado fotos de todos esses quadrinhos que amamos e os penduramos em uma visão do que a série ia ser.

Os personagens que escolhemos sempre foram os personagens – tínhamos planos, obviamente, de trazer novos personagens no próximo filme – o personagem de Warlock foi destaque em todos os rascunhos iniciais do roteiro, mas era tão caro que não fomos capazes de fazê-lo. Basicamente, tirá-lo da narrativa nos permitiu fazer o filme. Então nosso plano era sempre fazer Warlock voltar no próximo e tentar contar sua história então.”

Ele continuou: “Todos eles deveriam ser uma espécie de filmes de gênero de terror separados: o primeiro é como um filme de terror de realidade de borracha, o segundo deveria ser um filme de invasão alienígena com Warlock, e então o terceiro ia levar todos esses elementos do crossover dos X-Men do final dos anos 80 e início dos anos 90 chamado Inferno, para ser uma espécie de filme de terror sobrenatural e apocalíptico. Esse era o plano. Eu não sei qual o plano da Disney, mas adoraria fazer outros filmes de sequência se tiver demanda para isso”, disparou o diretor. Será que o estúdio toparia?