Diretor de Quarteto Fantástico dormia armado com medo de reação racista de fãs

Josh Trank, diretor de Quarteto Fantástico
Josh Trank, diretor de Quarteto Fantástico (Reprodução)

A reinicialização de Quarteto Fantástico de 2015 se tornou uma tremenda dor de cabeça, não só para a Fox, estúdio que a produziu, como também para seu diretor, Josh Trank, que em uma entrevista honesta ao site Polygon, revelou que chegou a dormir em posse de uma arma de fogo com medo de uma reação negativa e racista dos fãs.

Segundo o diretor, que na época tinha 31 anos, tudo começou quando ele resolveu ir contra todas as expectativas e escalar um ator negro, no caso Michael B. Jordan para viver o herói Tocha Humana. Ele disse que houve no início uma certa resistência, mas o estúdio reagiu melhor do que alguns fãs, que começaram a chiar nas redes sociais quando o elenco foi oficialmente anunciado.

“Para o mundo em que cresci, em Los Angeles que é racialmente intensa, onde estávamos acostumados a ver super-heróis brancos, alguns dos meus amigos que eram negros deveriam ter visto um super-herói negro […] então senti que, enquanto estava em uma posição de poder, eu poderia mudar um pouco o sistema”, disse ele, que notou um grupo protestando contra sua escolha, e chegou a escrever um artigo na revista Entertainment Weekly pedindo que as pessoas ouvissem as sábias palavras de Stan Lee, que havia endossado a escolha de B. Jordan, mas isso não impediu que ele fosse ameaçado.

“Eu estava recebendo ameaças nos fóruns da IMDb dizendo que eles iam atirar em mim”, disparou ele na entrevista dizendo que comprou um revólver calibre 38 e o manteve em sua cabeceira por precaução. “Eu fiquei tão paranoico durante aquele período que se alguém tivesse entrado na minha casa, eu teria acabado com a vida dele. Quando você está num lugar em que as pessoas querem te atacar você pensa: ‘Eu vou me defender’.

Trank explicou que devolveu a arma depois que as pessoas esqueceram do filme. Atualmente, o diretor que foi boicotado por diversos estúdios devido aos boatos de desentendimentos no set do filme, está pronto para lançar seu novo projeto, o filme Capone, e jurou para si mesmo que nunca mais iria almejar dirigir um blockbuster.

bostancı escort