Shazam! (2019)
Cena de trailer do filme Shazam! (2019), dirigido pelo cineasta David F. Sandberg (Reprodução/YouTube – Warner Bros. Pictures Brasil)

Muitas pessoas se perguntam sobre bastidores do mundo dos cinemas, sobretudo com relação às exibições de filmes ainda não encerrados para testar a reação dos executivos que encampam as produções e do próprio público.

Agora, novas informações sobre o processo foram reveladas. Em um vídeo para seu canal no YouTube, o diretor do filme Shazam!, o cineasta David F. Sandberg, deu detalhes sobre os procedimentos.

No vídeo, uma produção feita com animações, o diretor do longa que chegou aos cinemas este ano explicou as chamadas “exibições-teste” ou mostras para apresentar e testar um filme que ainda não foi finalizado. No vídeo, o diretor explica todos os detalhes, desde o conceito do teste até sua finalização. Ele também revela que isso pode se tornar um grande problema para muitos cineastas.

No vídeo, o diretor explica que os filmes não são feitos apenas para o realizador, mas para uma audiência maior, por isso eles precisam passar por testes antes de serem levados às telonas. Pelos esclarecimentos do diretor no vídeo, também fica claro que o objetivo é apontar situações que os realizadores não viram e, assim, ajudar a melhorar a produção.

O diretor ainda explicou: “As exibições para testar os filmes ainda dão informações valiosas para o departamento de marketing. Se eles ficam sabendo, por exemplo, que uma mulher caucasiana de 20 anos amou o filme, então eles sabem quando e onde anunciar o filme”.

Para que isso seja uma conclusão possível e uma tomada de posição, o diretor também revela todo o processo de seleção de pessoas variadas, de diferentes idades e condições, para assistirem ao filme, e como as opiniões dessa audiência selecionada influenciam no futuro da produção.

Confira todo o processo no vídeo de David F. Sandberg:

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui