Diretor de Ultimato abre o jogo e diz o que pensa sobre Coringa

Irmãos Russo (Reprodução)

Pode até parecer mentira, mas mesmo à essa altura do campeonato ainda existem aqueles que não tiveram a oportunidade de assistir Coringa, o filme mais comentado e de maior sucesso de 2019. Anthony Russo, um dos diretores de Vingadores: Ultimato e outros títulos da Marvel ao lado do irmão, finalmente contou o que sentiu ao ver o longa recentemente.

Russo concedeu entrevista ao The Hollywood Reporter às vésperas do Oscar que acontece nesse domingo dia 09, no qual Ultimato concorre na categoria de Melhores Efeitos Visuais; e se disse feliz por Coringa estar sendo reconhecido pela Academia com nada menos que 11 indicações.

Eu assisti [o filme] recentemente. Infelizmente eu estava gravando quase o tempo todo que ele esteve em cartaz. Eu adorei. Achei lindo. É muito trágico, muito moderno e realmente representa a isolação existencial e a crise que várias pessoas estão sentindo. O momento no qual ele está no talk show, que é a ideia de todo mundo agora, pegar seus megafones e tentar gritar mais alto que o outro, e ele reage contra isso.

E ainda: “Certamente é um filme sombrio e perturbador, com uma mensagem muito importante. Estamos extáticos que ele esteja sendo reconhecido. O filme conseguiu quebrar o estigma que parece existir contra esses filmes, certamente pela Academia“. Vale lembrar que os Irmãos Russo estão atualmente em pós-produção de Cherry, longa estrelado por Tom Holland sobre um ex-militar viciado em opioides que pode, quem sabe, também lhes render prêmios futuramente.

De fato, é quase certo que Joaquin Phoenix leve para casa a estatueta de Melhor Ator, marcando história na premiação no que tange filmes baseados em quadrinhos. As demais categorias incluem Filme, Diretor, Trilha Sonora Original, Melhor Roteiro Adaptado, Fotografia, Mixagem de Som, Figurino, Montagem, Maquiagem e Penteados, Edição de Som.

Ativista

Os fãs já aguardam que, caso saia vencedor, Phoenix certamente fará outro importante discurso chamando a atenção para causas sociais como fez recentemente ao aceitar o troféu no BAFTA em Londres. O ator criticou a indústria pela falta de inclusão e diversidade durante a temporada de premiações e foi bastante aplaudido.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort