Diretor divulga imagem de Jared Leto em Esquadrão Suicida e critica filme

Jared Leto como Coringa
Jared Leto como Coringa (Imagem: Divulgação)

O ditado “águas passadas não movem moinhos” realmente não se aplica ao filme Esquadrão Suicida e à atuação de Jared Leto como Coringa. Mesmo 3 anos após seu lançamento, novas polêmicas sobre o longa continuam a ser discutidas. A mais recente delas foi levantada pelo próprio diretor David Ayer.

Que a versão do principal vilão da DC entregue por Leto desagradou a maioria dos fãs, para não falar completamente ignorada por muitos, não é nenhuma novidade. O filme possui de longe a menor porcentagem de aceitação da crítica entre todos os projetos da DC, 27%, faturando cerca de 750 milhões de dólares.

Porém de acordo com um novo post de Ayer no seu perfil oficial do Instagram, o resultado final que chegou aos cinemas foi bem diferente daquele que ele havia idealizado. Junto à uma nova imagem de Jared, o diretor escreveu: “Se você muda o destino de uma viagem depois que ela está completa, ainda é a mesma viagem? A coluna principal de Esquadrão Suicida era a jornada da Harley”.

E ainda: “De várias formas o filme era dela, ela escapando do seu relacionamento com o Coringa era a linha emocional principal. O diretor segura uma bússola invisível nas mãos. Ela guia cada cena, cada performance. A bússola aponta para um destino. Se ele muda, será que a viagem aconteceu?“.

Ponto de vista

Resumindo de forma menos poética, David se refere ao fato de que a essência do longa – que teria a personagem de Margot Robbie como protagonista – teria sido alterada durante o período de edição e se distanciado bastante do plano inicial, que seria algo muito mais parecido ao que ‘Aves de Rapina’ pretende explorar.

Essa não é a primeira vez – e com a chegada iminente da sequência (reboot?) produzida por James Gunn sem dúvida não será a última – que Ayer defende seu trabalho no universo da DC. Polêmicas à parte, caso o filme tivesse realmente focado mais na Arlequina, indiscutivelmente o ponto mais forte da trama, a história teria sido bem diferente.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort