Diretor explica motivo do Superman não usar o traje preto em O Homem de Aço

Henry Cavill como Superman em Homem de Aço (Reprodução)
Henry Cavill como Superman em Homem de Aço (Reprodução)

Recentemente Zack Snyder promoveu uma Watch Party de O Homem de Aço, seu primeiro filme do Universo Estendido da DC. Durante a exibição do filme, Snyder contou diversas curiosidades da produção, revelou easter eggs e respondeu diversas dúvidas. De acordo com o CBM, uma das perguntas respondidas foi o motivo do Superman não ter usado seu traje preto.

O traje preto é tipico da família de Kal-El em Krypton, contudo o herói optou usar as cores azul e vermelha, que o que normalmente o vemos usar em suas aventuras. Zack Snyder explicou: “O traje da Casa dos El seria o traje preto, mas o que veio a aparecer para o público [o azul e vermelho] diz ‘você os ajudará a conquistar maravilhas’, para mim, esse é o traje do otimismo. O traje vermelho e azul, para mim, é mais inclusivo. É um traje mais amigável”.

O Homem de Aço estreou em 2013 e arrecadou US$ 668 milhões em bilheteria mundial. O filme mostra a história de origem de Superman. Ele precisa se tornar um herói para proteger o mundo de General Zod que quer transformar a Terra em uma nova Krypton. O elenco teve nomes como Henry Cavill, Amy Adams, Antje Traue, Michael Shannon e Dylan Sprayberry.

Confira alguns comentários sobre o filme:

“Indiscutivelmente o filme mais gratificante, complexo e divertido já criado com o super-herói” – Leslie Combemale, Cinema Siren.

“É curioso como a abstração da carnificina CGI e a abstração do palavreado da trama parecem andar de mãos dadas. Mas uma coisa que falta nesse filme resolutamente sério é o humor, que é estranho quando você considera que é baseado em uma história em quadrinhos” – Brian D. Johnson, Maclean’s Magazine.

“Homem de Aço está sentindo falta do humor e da diversão, consumidos pela seriedade das nuances escuras e do paladar de cores do produtor Christopher Nolan. Mas o tom foi uma correção de curso e a recompensa é ótima”   Ryan Syrek, The Reader.