Diretor explica por que tomou decisão de dividir novo Missão Impossível em duas partes

Tom Cruise em Missão Impossível
Tom Cruise em Missão Impossível (Reprodução)

Quando o novo Missão Impossível chegar às telas, o público não conseguirá ver seu final, pois ele será dividido em duas partes devido à sua finalização, seguindo modelos de filmes numerosos como Harry Potter e Os Vingadores. A produção do longa estava filmando em Veneza quando precisou parar tudo em 24 de fevereiro por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus, mas nem a mudança de locação de Veneza para Roma resolveu, já que a Itália àquela altura era um dos países mais afetados.

Em ligações constantes via Zoom com chefões da Paramount, o cineasta Christopher McQuarrie, terá mais tempo para terminar o filme já que sua estreia foi adiada para novembro de 2021. Com isso, o oitavo filme, uma continuação direta do sétimo, foi mandado para 2022. “Vamos aproveitar essa oportunidade para melhorar tudo o que já fizemos no filme”, disparou ele no podcast oficial da franquia, encarando a paralisação como algo bom no momento.

O diretor ainda explicou o motivo que o levou a definir que existiriam dois filmes finais, ao invés de um: “Quando começamos a fazer Fallout, eu disse a Tom: ‘Eu realmente quero tornar isso mais uma jornada emocional para o [personagem de Cruise, Ethan Hunt]. Entrando nisso, eu disse: ‘Quero pegar o que aprendemos em Fallout e aplicá-lo a todos os personagens do filme. Quero que todos tenham um arco emocional. Eu só quero que o filme tenha mais sentido”, disse.

Só que ao planejarem um filme tão grandioso, acabaram percebendo que abordar os laços emocionais de cada personagem, gastava tempo de tela. “Percebemos que tínhamos um filme de duas horas e 40 minutos. E todas as cenas eram necessárias. O final do primeiro filme se encaixou. Sabíamos qual era o final e sabíamos o que era o começo”, disse sobre a decisão de dividir a narrativa. Ele ainda garantiu que não será Missão Impossível o filme de Cruise que será filmado no espaço, infelizmente.