Diretora de Aves de Rapina fala sobre as diferentes versões de Arlequina

Aves de Rapina (Reprodução)

Apesar do material divulgado já ter deixado isso bem claro, quem espera encontrar a mesma Arlequina de Esquadrão Suicida em Aves de Rapina terá uma grande decepção. O filme solo da personagem promete trazer – alguns – lados completamente diferentes da anti-heroína, como explicou a diretora Cathy Yan em nova entrevista.

Durante painel especial na CCXP19 há poucos dias, foi exibida uma introdução estendida do longa, mostrando a evolução de Arlequina desde o momento em que é abandonada pelo Coringa, passando por um período de depressão, até a volta por cima e a tão comentada “emancipação”, que é o tema central.

Yan explicou ao ComicBook que Aves de Rapina existe separadamente, e cria quase uma realidade alternativa na qual conheceremos uma protagonista bem diferente da que estamos acostumados. “A história dela com o Coringa é tão interconectada, e realmente é uma história de amor, se você quer enxergar assim. [O filme] não é isso, o que nos deu a oportunidade de saber quem ela é em um universo quase paralelo“.

No filme, o figurino, o cabelo e a linguagem da personagem são diferentes, e mesmo que ela continue “reconhecível”, até mesmo sua pele está menos branca. “Esse é um filme solo, não é uma sequência e não é ligado de nenhuma maneira à Esquadrão Suicida”, disse também.

Diferenças

Outro ponto discutido pela diretora, é o fato de Arlequina assumir diferentes personalidades. “[Estando fora do relacionamento] ainda a afeta, de uma forma diferente. E eu pensei que poderíamos ver várias diferentes facetas das suas personalidades. Personalidades, eu diria, porque eu acho que ela tem várias”.

Assim sendo, a protagonista de Roobie será um tipo de narradora na qual o público não poderá acreditar completamente, e vários dos acontecimentos presentes no filme podem não ser o que parecem. O elenco conta ainda com Mary Elizabeth Winstead como Caçadora, Rosie Perez como Renee Montoya, Jurnee Smollett-Bell como Canário Negro, Ella Jay Basco como Cassandra Cain.

Aves de Rapina chega ao Brasil no dia 6 de fevereiro de 2020.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

ankara escort