Diretora de Jessica Jones é contratada para projeto secreto da Marvel

SJ Clarkson
SJ Clarkson, diretora de Jessica Jones (Reprodução)

A diretora da série Jessica Jones, da Netflix está de casa nova. SJ Clarkson está entrando mais uma vez no mundo dos quadrinhos, e desenvolvendo um projeto para a Sony Pictures baseado em personagens da Marvel Comics. Segundo o site The Hollywood Reporter, nenhum ator ou escritor foi adicionado ao projeto que pelo que se sabe será um filme focado em mulheres.

Além da heroína fortona e investigativa, Clarkson também já esteve à frente de outras séries como Dexter, Orange is The New Black, House e Succession, da HBO. Ela inclusive foi a primeira mulher a dirigir um longa metragem do universo de Star Trek, e iria fazer um filme em 2018 que acabou não acontecendo por causa dos termos de contrato de Chris Pine, e Chris Hemsworth, estrelas do filme, com o estúdio Paramount.

A Sony tem tentato obter sucesso com os personagens de quadrinhos que ela pode explorar além do Homem-Aranha, motivo pelo qual está investindo em personagens como Morbius, cujo filme tem data de lançamento prevista para março de 2021, e Venom 2, com data de estreia em junho de 2021. Este será o primeiro filme da parceria Marvel/ Sony focado em uma personagem feminina.

O estúdio estava desenvolvendo Silver & Black, de Gina Prince-Bythewood, focado na Gata Negra e no Sabre de Prata, porém, o filme nunca foi concretizado. Rumores sobre o novo filme dão conta de que o longa pode ter Madame Teia como protagonista. Ela é uma figura carimbada nas histórias do Homem-Aranha, e é retratada como uma senhora de idade com miastenia grave, doença que provoca rápida fadiga nos músculos, fazendo com que eles parem de funcionar involuntariamente devido à falta de conexão com os nervos. Madame Teia tem esse nome pois vive conectada e um suporte em formato de teia, mas nunca combateu nenhum vilão numa luta corpo a corpo.