Mushu na animação Mulan/Reprodução

Os fãs de Mulan, clássica animação da Disney lançada em 1998, estavam à espera que o filme live-action trouxesse também uma versão do querido personagem Mushu, narrado no cinema por Eddie Murphy. Infelizmente isso não irá acontecer, ao menos não da maneira esperada.

Em nova entrevista ao ComicBook, a diretora Niki Caro explicou como seu longa-metragem será parecido e diferente do desenho, e como ela realizou mudanças na história. “Eu acho que todos podemos concordar que o Mushu é insubstituível. Sabe, o clássico animado é único nesse sentido. No filme, existe uma criatura representa – ela é uma representação dos ancestrais e particularmente do relacionamento da Mulan com o seu pai. Mas um update do Mushu? Não.

O espírito do dragão ainda estará presente, como visto nas imagens divulgadas anteriormente, mas não no sentido literal. Ele servirá como símbolo, como metáfora. “Do lado direito e esquerdo do Imperador existe um dragão.

Ele é representativo do masculino e a fênix é representativa do feminino”, revelou. As questões de gênero, assim como no original, também estarão presentes na nova versão.

Modernidade

Em uma história que explora tanto a fluidez de gênero, eu achei que seria algo muito legal e a forma apropriada de fazer as coisas. A sequência na casamenteira da animação, nós fomos muito, muito fiéis à essa ideia. E essa é a única vez na qual você vê a Mulan vestida de forma bem feminina, porque todos os seus outros figurinos de quando ela é uma adolescente, são figurinos de uma garota que anda a cavalo, que gosta de jogar futebol, e não são muito femininas”, completou.

O elenco de Mulan conta também com Yifei Liu, Gong Li, Donnie Yen, Jet Li, Jason Scott Lee, Yoson An, Jimmy Wong, Doua Moua e Ron Yuan. O longa estreia em março de 2020.

ANÚNCIO

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui