Diretora de Mulher-Maravilha 1984 revela que não tem planos para terceiro filme da franquia

Patty Jenkins e Gal Gadot durante as filmagens de Mulher-Maravilha 1984
Patty Jenkins e Gal Gadot durante as filmagens de Mulher-Maravilha 1984 (Divulgação)

Durante a CCXP 2019, tanto o público presente no evento como o público que acompanhava os painéis online através do Twitter pôde ter acesso em primeira mão ao trailer de Mulher-Maravilha 1984, sequência do primeiro filme da principal heroína dos quadrinhos da DC Comics. Na mesma ocasião, a diretora do longa, Jenkins falou sobre o entusiasmo com a produção, mas ainda sobre uma possível, que ela garante não estar ansiosa para fazer. 

“Na verdade, já conhecemos toda a história [da Mulher-Maravilha], e já temos tudo planejado para um próximo filme, a questão é quando iremos fazê-lo. Eu acho que não queremos realizar esse filme tão brevemente, tão próximo de 1984. Tem sido ótimo fazer esses dois filmes consecutivos, mas é importante descansar um pouco. Eu gosto de fazer outras coisas no meio, e Gal [Gadot] também quer fazer outras coisas. Eu não quero tomar decisões com muita antecedência. Precisamos perceber o desejo que temos de fazer aquele filme quando chegar o determinado momento”. explicou a diretora, que pressionada pelo entrevistador da Collider evitou falar em datas. 

Ela ainda falou que quando o processo do primeiro filme terminou, sabia exatamente como queria que fosse o segundo. “Nos propusemos a fazer algo que talvez eu não consiga fazer nunca mais. Não vamos fazer um filme engraçado do tipo ‘ah, os anos 80’. Vamos sim fazer uma grande tenda como eles fizeram nos anos 80. Eu queria que ao assistir ao filme, as pessoas pensassem que estão mesmo assistindo a um filme feito nos anos 80”, revelou Jenkins, que ainda contou que preferiu realizar sequências em diferentes lugares reais, a se valer de chroma key.

Tal empenho fez com que as acrobacias fossem ensaiadas juntamente com integrantes do Cirque de Soleil, com direito a diversas viagens provocando inclusive o cansaço físico de Gal Gadot. “Tínhamos equipamentos por quilômetros, para que eu pudesse correr na mesma velocidade que o Usain Bolt correu nas Olimpíadas. Tentamos criar coisas novas que nunca tinham sido usadas antes” complementou.  

bostancı escort