Diretora revela segredos dos bastidores de Aves de Rapina

Arlequina
Arlequina em novo teaser do filme (Reprodução/YouTube – Fandango Latam)

Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa chegou ao streaming na última terça-feira, 24 de março, em um lançamento adiantado de acordo com o previsto, devido à pandemia causada pelo novo coronavírus e a estratégia da Warner de conseguir alavancar o filme comercialmente sem a necessidade das salas de cinema. Na noite da última quarta-feira, 25 de março, o site americano Comicbook.com fez uma watchparty, para comentar o longa, e a diretora Cathy Yan, era uma das convidadas que revelou curiosidades sobre o longa.

A profissional deu alguns detalhes sobre a produção e gravação das cenas, como uma das primeiras, em que Arlequina, personagem de Margot Robbie decide cortar o cabelo por conta própria como forma de se mostrar uma outra pessoa após o término do relacionamento com o vilão Coringa (os personagens de Robbie e Jared Leto apareceram juntos somente em Esquadrão Suicida, de 2016). “A cena do corte de cabelo da Arlequina foi feita em uma única tomada porque nós tínhamos apenas uma peruca, e não tínhamos tempo. É claro que Margot arrasou!”, escreveu a diretora.

Numa outra cena do início do filme, o vilão Máscara Negra (Ewan McGregor) tortura uma família de desafetos, fazendo pai, mãe e filha ficarem pendurados de cabeça para baixo, e Yan afirma que os atores ficaram mesmo de cabeça para baixo e que esta foi uma ideia dela. “Toda vez que falávamos ‘corta’, uma plataforma era colocada abaixo dos atores. Também usamos bonecos realmente bons quando precisamos”.

“A pochete brilhante que Arlequina pega durante uma cena de perseguição realmente estava sendo vendida em uma das barradas. Quando eu vi, percebi que ela precisava estar no filme e coincidentemente quando Margot viu, ela pegou aquilo sem nem imaginar que já estávamos planejando o que fazer”, continuou ela.

Outra curiosidade que a diretora contou é que a atriz Jurnee-Smollett-Bell que interpretou a Dinah Lance, a Canário Negro, cantou de verdade a música Man’s World, depois de uma ideia de última hora de Cathy Yan, que ainda brincou em seus tweets sobre a discussão no filme sobre a densidade da cocaína mostrada.

Ela disse que se inspirou em O Profissional, filme de 1994, para compor visualmente uma cena em que Arlequina e Cass andam em direção à câmera ao som da música Hit Me With Your Best Shot, de Pat Benatar, e que a cena das mulheres comendo tacos foi em parte improvisada porque ela queria criar uma atmosfera de cumplicidade entre elas. O filme já está disponível em plataformas on-demand do Brasil como Google Play.