Diretores de Vingadores: Ultimato comentam o uso de CGI nos filmes da Marvel

Thanos em Vingadores Ultimato
Thanos em Vingadores Ultimato (Reprodução)

Com o melhora da tecnologia é comum os filmes apelarem cada vez mais no uso do CGI em suas cenas, principalmente produções caras e de fantasia ou de ficção científica. Os diretores de Vingadores: Ultimato, Joe e Anthony Russo, participaram de um entrevista para o Fox 5 onde comentaram sobre o uso de efeitos especiais nos filmes da Marvel e se seria possível fazer a batalha final de Ultimato sem o uso de CGI.

De acordo com os diretores, seria inviável fazer a épica batalha contra o exército de Thanos sem o uso de CGI, principalmente por conta do número de pessoas envolvidas e também o dinheiro gasto. “Você sabe, o CGI torna as coisas mais eficientes. Então, possibilitou fazer Guerra Infinita e Ultimato um após o outro. Se tivéssemos que fazer esses dois filmes dessa maneira [sem CGI], eles teriam quatro anos de diferença, facilmente”, começou Joe Russo.

“Há uma grande diferença também, porque o CG tem certos pontos fortes, certo? Parte da razão pela qual funciona tão bem em Guerra nas Estrelas, em geral, é que, quando você lida com navios e criaturas, formas não humanas e máquinas, o desempenho é um pouco melhor. Quando você lida com a forma humana, pode ver suas fraquezas”, acrescentou Anthony.

“A virtude dos personagens nos filmes dos Vingadores é que eles não são, você sabe… o Capitão América não pilota uma nave espacial ou um avião de combate. Você sabe? Se você está lidando com o corpo humano e essas coisas são muito mais difíceis de obter com efeitos visuais em vários níveis”. Anthony continuou: “Você precisa usar as ferramentas diferentes, dependendo da ação e da narrativa. Por isso, acredito que os dois são muito diferentes um do outro e como você os aborda”.

E por falar na Marvel, se os cinemas voltarem à normalidade, ainda este ano veremos o início de sua quarta fase que começará com o filme solo da Viúva Negra. Em seguida teremos Os Eternos, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, Doutro Estranho no Multiverso da Loucura e Thor: Amor e Trovão.