Disney+ alerta usuários sobre produções com [descubra]

A Dama e o Vagabundo
A Dama e o Vagabundo (Foto: Divulgação)

Os tempos são outros. Muitas coisas que pareciam serem simples e certas, já não são mais aceitas. Racismo, machismo, homofobia, sexismo, são alguns dos mais marcantes momentos do passado da humanidade que já não podem mais ser tolerados. A Disney+ foi lançada e com ela um número enorme de grandes produções, sucessos dos vários anos do estúdio. Mas com os clássicos, com a história, vem a responsabilidade. E a plataforma já adiantou, colocando avisos, em vários de seus filmes e séries.

A mensagem “Este programa é apresentado como originalmente criado. Ele pode conter representações culturais ultrapassadas” pode ser lida em animações como “A Dama e o Vagabundo”, “Dumbo” e “Peter Pan”. O aviso aparece, uma vez que o mundo já não é o mesmo. Vários avanços culturais e mudanças de percepção daquilo que é correto e aceitável. A época em que as clássicas produções da Disney foram criadas, certas atitudes eram consideradas aceitáveis por parte das pessoas. Certos personagens e passagens dos filmes antigos mostram esteriótipos raciais e homofóbicos.

Veja:

 

Número impressionante de assinantes:

O serviço de streaming da Disney acabou de ficar disponível nos Estados Unidos, Canadá e Holanda e em pouco tempo alcançou uma quantidade surpreendente de assinantes. O catálogo, repleto de produções clássicas, foi lançado nesta terça-feira, dia 12, e em apenas um dia superou a marca de 10 milhões de usuários. O impressionante número está acima do previsto pelos analistas, que esperavam um alcance de 8 milhões até o final do ano.

Vale destacar que a plataforma oferece uma avaliação gratuita de sete dias. Segundo a Variety, a Disney informou que não pretende liberar mais dados sobre os assinantes do Disney+, além dos boletins trimestrais.

Com o lançamento do serviço de streaming, os inscritos puderam ver de produções clássicas até as mais atuais. Além dos filmes e séries já conhecidos, os espectadores também podem acompanhar grandes novidades, como “O Mandaloriano”, criada por Jon Favreau e que é mais uma produção do universo Star Wars, “High School Musical: The Musical: The Series”, a série foi criada por Tim Federle e baseada na franquia de filmes de High School Musical, “Encore!”, criada por Jason Cohen e produzida e apresentada por Kristen Bell, “The World According to Jeff Goldblum”, série documental apresentada por Jeff Goldblum que mostra o mundo de acordo com o seu olhar.

Já os filmes inéditos são: “A Dama e o Vagabundo”, adaptação live-action da clássica animação da Walt Disney de 1955, e “Noelle”, comédia natalina, estrelada por Anna Kendrick e Bill Hader.

Na América Latina o Disney+ deve ser lançado no segundo semestre de 2020.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort