Disney deve parar de comercializar DVDs e Blu-rays de seus filmes antigos

Logo dos Blu-rays da Disney
Logo dos Blu-rays da Disney (Reprodução)

Enquanto a maioria do mundo está se rendendo aos lançamentos digitais, uma parcela do público ainda é saudosista e prefere as mídias físicas mesmo que elas envolvam um custo mais alto e deem mais trabalho (tirar um disco da capa, colocar num aparelho de blu-ray – sim, há quem considere isso um grande trabalho). As facilidades do streaming estão matando as mídias físicas, tanto que uma notícia veiculada na última semana informou que a Disney está pronta para abandonar a produção de blu-rays de seus filmes em live-action.

De acordo com o site Digital Bits, além dos novos títulos que inicialmente são programados para o cinema, filmes animados da Disney e Pixar, ou Star Wars e projetos relacionados à Marvel, os demais filmes do estúdio não serão mais lançados em disco, com opção apenas para o 4K Digital. A despedida deste mercado acontecerá com filmes que marcaram uma geração, Esqueceram de Mim, e Abracadabra.

Além disso, a empresa já deixou claro que não acredita que os filmes antigos tanto de seu próprio catálogo, como do catálogo recém adquirido da Fox após o acordo de fusão possa lhe render algo nas mídias físicas, fazendo com que a maioria deles, esteja apenas no seu serviço de streaming, o Disney+. Os colecionadores de DVD e Blu-ray possuem uma relação de amor e ódio com a Casa do Mickey Mouse, muito por causa da moratória Disney.

A Disney retirava do mercado diversos filmes para criar uma demanda artificial, e medir se a procura por aqueles determinados filmes valia a pena, a mixagem deles, visando que não encalhassem nas prateleiras das lojas, sendo assim, clássicos acabavam demorando quase uma década para voltar às lojas. Vale lembrar que os longas antigos da Disney ainda estão nos principais serviços de vídeo on demand, como Apple e Google Filmes, mas é possível que não estejam mais quando a plataforma de streaming chegar no país.

ankara escort