Disney Plus CENSURA cena de filme clássico e gera revolta entre fãs

Disney Plus logo
Disney Plus logo (Reprodução)

Conservadora até o limite, a Disney está levando a sério a ideia de colocar no ar um streaming que seja extremamente familiar. Com isso, a Disney Plus, que até onde era sabido, não permitiria um conteúdo com classificação indicativa superior a 13 anos, começou a ‘adaptar’ os filmes, mesmo aqueles mais clássicos, para evitar que uma cena ou outra acabe passando despercebida.

E com as pessoas em casa em isolamento social devido ao coronavírus, elas conseguem prestar mais atenção nos detalhes. No filme Splash – Uma Sereia em Minha Vida, uma cena curiosa chamou a atenção de internautas que a assistiram pelo serviço de streaming da Casa o Mickey Mouse: o bumbum da atriz Daryl Hannah acabou ganhando um efeito visual para não fosse mostrado na tela.

Na tal cena, a sereia do longa, Madison (Daryl), se encontra com Allan (Tom Hanks), e após beijá-lo, corre nua em direção ao mar. Na cena original um pedaço do bumbum era mostrado, mas na versão do Disney Plus, um efeito fez com que os cabelos da personagem ficassem tão grandes a ponto de cobrir toda a nudez. Confira o vídeo abaixo:

O assunto logo viralizou nas redes sociais e fez com que os fãs ficassem revoltados. O filme, lançado em 1984 não foi lançado com o selo Disney, e sim com o selo Touchtone Pictures, justamente por ser não recomendado para menores de 13 anos. Apresentando Tom Hanks para o mundo, ele foi indicado ao Oscar por melhor roteiro original, mas acabou perdendo.

Casos como esse já se tornaram comuns já que a mesma Disney Plus em fevereiro resolveu mover do seu catálogo a série adolescente Com Amor, Victor, por se tratar de um romance homossexual, enviando direto para o streaming do Hulu (também pertencente à Disney), e deu cartão vermelho para a continuação de Lizzie McGuire por conter dramas adultos. Esta, teve dois episódios gravados antes de sua produção ser interrompida.

bostancı escort