Disney toma atitude inesperada sobre a Fox e espalha tensão

Disney
Disney (Foto: Divulgação)

Recentemente, a Fox foi comprada pela Disney, por US$ 71 bilhões. Agora, os canais da emissora estão em fase de desmanche, e a Disney começou a fazer alguns cortes, como por exemplo, demitindo o vice-presidente de marketing, Sergio Domanico, e o diretor de Recursos Humanos, Ricardo Furlan.

Com o clima tenso, a tendência é reduzir ainda mais o número de funcionários. A estimativa é que 4 mil funcionários sejam dispensados até 2021. Funcionários da Disney serão demitidos também, mas a maioria será da Fox. A tensão rola solta entre as marcas Fox Premium, Nat Geo e FX, que operam em São Paulo. No Rio, a galera da Fox Sports ainda não corre esse risco.

Disney

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) mandou a Disney vender os dois Fox Sports para algum grupo que ainda não esteja no setor, excluindo a Globo. Para aqueles que ainda estão por fora, a Disney assumiu todo o segmento de filmes da 21st Century Fox, como também a 20th Century Fox, a Fox Searchlight Pictures, a Fox 2000 Pictures, a Fox Family e a Fox Animation.

Ainda com a venda desses negócios, de cinema e televisão, a Fox vai continuar firme na TV dos Estados Unidos. A Disney foi procurada e confirmou as demissões de Domanico e Furlan, porém, não entrou em mais detalhes. Segundo a Variety, a Disney também comprou o serviço de streaming da Hulu, por US$5,8 bilhões. A empresa já controlava 10% da plataforma. Vale lembrar que o serviço de Streaming Hulu não está disponível no Brasil.

bostancı escort