Disney toma decisão após anúncio da Sony sobre lançamento junto com Marvel

Walt Disney Pictures
Walt Disney Pictures (Reproduçao)

Para evitar a disputa de mercado, a Disney decidiu alterar seu calendário de lançamentos para 2021. Como resultado, a empresa não fará estreia de nenhum filme no dia 8 de Outubro do ano que vem.  Isso se deve ao fato de que a Sony e Marvel farão o lançamento de um filme produzido em conjunto nesse mesmo dia.

No calendário da Disney, as datas de 1º e 15 de outubro permanecem ocupadas. A primeira pelo lançamento de uma estreia da Fox e a segunda pela estreia do filme Hamilton, musical sobre a vida de Alexander Hamilton, um dos pais fundadores dos Estados Unidos. Outra produção da Fox deve ainda chegar às salas de cinema no dia 22 do mesmo mês.

Já o filme da Sony em parceria com a Marvel permanece uma incógnita.  Alguns sites especulam que a produção seja do ‘Sexteto Sinistro’ – nos planos da Sony desde os tempos de “O Espetacular Homem-Aranha”. Outros cogitam a possibilidade dos estúdios estarem unindo forças para um eventual filme da Mulher-Aranha. Enquanto isso, no próximo mês de Julho, a Sony lançará o filme “Morbius” estrelado por Jared Leto.

Bilheteria

A Disney terminou o ano de 2019 detendo 80% das bilheterias mundiais do cinema. De acordo com o The Verge, 8 dos 10 filmes mais vistos no ano passado são da Disney. O desempenho é resultado das aquisições da Pixar, LucasFilm e da Marvel.

“Nós não estamos envergonhados pelo fato de termos grandes filmes de sucesso que as pessoas gostam”, afirmou Kevin Mayer, chefe de produtos diretos ao consumidor da Disney. “Se você olhar para o sucesso das bilheterias, isso é um indicador de quão popular e quão abraçados esses filmes são pelo público real.”

“Vingadores: Ultimato” arrecadou US$ 2,798 bilhões, enquanto outros títulos da Marvel  “Capitã Marvel” e “Homem-Aranha: Longe de Casa” (co-produzido com a Sony) completam a lista com US$ 1,128 bilhão e US$ 1,132 bilhão, respectivamente. Já as animações Frozen 2 e Toy Story 4 fecharam com US$ 1,161 bilhão e US$ 1,073 bilhão, respectivamente.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.