Divulgada a classificação indicativa de Boneco do Mal 2

Boneco do Mal 2 (Imagem: Divulgação)

Boneco do Mal 2 chegará nos cinemas dos Estados Unidos neste fim de semana e segundo o site DreadCentral, o longa metragem recebeu a classificação indicativa PG -13 (Orientação Paterna para menores de 13 anos, por apresentar “terror, violência, imagens perturbadoras e elementos temáticos”.

O longa metragem tem direção de William Brent Bell e roteiro de Stacey Menear. O elenco é formado por Katie Holmes, Christopher Convery, Owain Yeoman, Anajli Jay, Ralph Ineson, Oliver Rice, Natalie Moon e Joely Collins. Na trama, uma família se muda para uma mansão em um pequena vila na Inglaterra. O filho do casal encontra um misterioso boneco e a partir daí a vida da família se transforma um verdadeiro horror.

No Brasil o filme estreará no dia 5 de março.

O primeiro filme Boneco do Mal também ganhou a classificação indicativa PG-13. Também dirigido por William Brent Bell, o filme chegou nos cinemas em fevereiro de 2016. O longa metragem teve um orçamento de US$ 10 milhões e arrecadou US$$ 64,1 milhões em bilheteria. 

Neste primeiro filme o elenco contou com Lauren Cohan, James Russell, Rupert Evans, Ben Robson, Diana Hasdcastle, Jett Klyne, Jim Norton, Lily Peter e Stephanie Lemelin. Na trama uma babá quebra várias regras da casa onde trabalha e descobre que a criança mais nova da família é um boneco realista. A partir daí ela passa a acreditar que o boneco realmente tem vida.

No IMDb, Boneco do Mal tem nota 6 / 10. No Rotten Tomatoes, teve 30% de aprovação da crítica especializada e 38% de aprovação do publico geral. Confira abaixo alguns comentários sobre o filme de terror:

“Boneco do Mal certamente tem seus momentos de choque, mas a história lenta parece morna na maior parte do tempo. É uma pena que O Boneco do Mal não possa mais capitalizar suas inclinações estranhas e hipnóticas” – Frank Ochieng, SF Crowsnest.

“Boneco do Mal teve muito mais sucesso do que eu imaginava. Havia tantos elementos que funcionavam a seu favor, como a atuação e uma trama interessante” – Molly Henery, The Blogging Banshee.

“Uma das entradas de maior sucesso no subgênero da boneca do mal, zombando de si mesma nos momentos certos. É um pouco divertido, apesar da falta de inspiração” – Trace Thurman, Bloody Disgusting.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.