Dublador de Os Simpsons critica decisão polêmica da equipe da série

O dublador Harry Shearer, a voz original do Dr. Julius, em Os Simpsons, criticou a decisão dos produtores da série de que apenas dubladores não-brancos emprestariam a voz a personagens afro-americanos (Imagem: Reprodução / Fox)

Harry Shearer, ator e dublador, conhecido por trabalhar a anos na produção de Os Simpsons, discorda das decisões de produtores e estúdios em escalar vozes de acordo com a cor da pele dos personagens.

Ele, que entre os personagens de Springfield, dá voz ao afro-americano Dr. Julius Hibbert, diz que decisões do tipo interferem diretamente no trabalho do dublador.  Em entrevista a emissora Times Radio, Shearer disse que “O trabalho do ator é interpretar alguém que ele não é. Está na descrição da profissão”.

Após deixar claro que não estava opinando apenas sobre Os Simpsons, o ator afirmou que há desentendimentos entre representação e performance e celebrou mais inclusões na indústria: “Pessoas de todos os lugares devem estar representadas no processo de criação e produção da indústria para que ajudem na escolha de quais histórias devem ser contadas”. 

Shearer refere-se à respeito do personagem Apu, tema de um documentário do humorista indo-americano Hari Kondabolou que, em “The Problem With Apu” (O problema com Apu) reflete sobre a maneira como o personagem representa a comunidade indiana nos Estados Unidos.

As controvérsias levantadas pelo filme levaram o ator Hank Azaria – dublador de Apu – a desistir do personagem após tornar-se alvo de críticas. 

Diante a polêmica, os produtores de Os Simpsons anunciaram que os atores brancos não mais dublarão personagens não-brancos. No fim de junho, os produtores divulgaram um comunicado que anunciaram a saída de Hank Azaria como a voz responsável não dublará mais o personagem Apu em Os Simpsons.

A notícia foi divulgada pouco tempos após o Mike Henry anunciar ter deixado a dublagem do personagem Cliveland Brown, de Family Guy, série animada da Fox dos mesmos criadores dos Simpsons.

Kevin Michael Richardson, que tem emprestado a sua voz a muitos personagens afro-americanos do programa, já havia participado do elenco recorrente da série para se tornar membro principal dos episódios.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.