Eiichiro Oda responde o motivo de Luffy não dar apelidos para os membros de sua tripulação

One Piece (Imagem: Divulgação)

One Piece é um mundo grandioso, ao longo das suas 96 edições de mangá e 928 capítulos do anime, Luffy e seu bando de piratas visitou os mais exóticos lugares, além de conhecer os mais diversos e estranhos tipos de pessoas. A cada novo local visitado Luffy reúne um grande número de amigos e inimigos, e um característica do personagem, é dar um apelido para cada nova pessoa que conhece, normalmente baseado em uma característica. Porém isso não acontece com os membros de sua tripulação.

O bando do chapéu de palha, como são conhecidos, é composto por Zoro, Usopp, Nami, Sanji, Chopper, Robin, Franky e Brook, contudo, Luffy não colocou apelidos nele e os chama pelos seus respectivos nomes. Na edição 96 do mangá, um fã perguntou para Eiichiro Oda, o criador de One Piece, o motivo de Luffy não apelidar seus fiéis companheiros. (via Legião dos Heróis)

O autor do mangá respondeu: “Luffy é o tipo de cara que não quer lembrar de nenhum nome, porque ele simplesmente não se importa, então ele inventa nomes baseados na aparência das pessoas. Mas quando alguém se junta à sua tripulação, ele se certifica de que vai lembrar dos nomes deles direitinho”.

A resposta do autor revela o quanto cada membro da tripulação de Luffy é importante para ele, por isso desde que iniciou sua jornada em busca do One Piece eles foram escolhidos a dedo e por motivos que levaram o capitão a crer que o laço de amizade entre eles só se fortaleceria com o tempo.

O mangá One Piece começou ser publicado em 1997 e o anime começou a ser exibido em 1999, além de fazer parte de outras mídias como jogos de videogame e filmes. Segundo informações a Netflix pretende no futuro fazer um série live action baseada na obra de Eiichiro Oda.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.

bostancı escort