Elenco de How to Get Away With Murder escolhe seus assassinatos preferidos

How to Get Away With Murder (Divulgação)

Para um grupo composto por advogados e estudantes de direito, os personagens da série How to Get Away With Murder com certeza já executaram ou foram testemunhas de uma quantidade mais do que suficiente de assassinatos. Com a última temporada batendo à porta, os atores tiraram um tempinho da agenda para escolher seus crimes preferidos.

O elenco recentemente sentou com a revista Entertainment Weekly para revelar quais as mortes mais marcantes dentre todos os episódios. Para Jack Falahee, que interpreta Connor, a escolhida foi a perigosa Sinclair (Sarah Burns).

O Asher [Matt McGorry] matando a Sinclair e nós a jogando do topo da mansão dos Hapstall. O que é que eles falam mesmo em ‘Zumbilândia’? Atire duas vezes? Nós a matamos com o carro e depois jogamos do telhado para ter certeza que ela estava realmente morta”, comentou. E quanto à Aja Naomi King, que vive Michaela?

Depois de todos esses anos, meu favorito, ou a cena que mais me assustou, foi quando a Bonnie [Liza Weil] matou a Rebecca [Katie Findlay]. Foi a morte mais difícil de assistir, a mais assustadora. Eu sempre esqueço que a Bonnie fez AQUILO. Ela fez algo que serial killers fazem e ninguém nunca comenta sobre isso”, relembrou.

Mais corpos

Matt McGorry concorda: “Eu gostei, se é que posso usar essa palavra, quando a Rebecca é morta pela Bonnie. Foi algo muito difícil de assistir mas com ótima atuação de ambas as partes”. Charlie Weber, que interpreta Frank, escolheu seu primeiro assassinato: “A Lila [Megan West] sempre será especial pra mim. O interessante da série, mesmo com todos os crimes, é que o Frank e a Bonnie são os únicos que cometeram assassinatos premeditados”.

Já para Viola Davis, a eterna Annalise: “Tem que ser o Sam [Tom Verica]. Todo mundo estava tão interessado em como aconteceu, como ele acabou morrendo. Me fez lembrar dos meus tempos na escola de teatro, então eu adorei”. A nova temporada estreia em 26 de setembro.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

ankara escort