Keke Palmer revela fim de seu programa e diz que já imaginava cancelamento

Keke Palmer no programa Jimmy Kimmel
Keke Palmer no programa Jimmy Kimmel (Reprodução)

A pandemia causada pelo novo coronavírus mudou todo o panorama do cinema e da televisão. E não foi só aqui no Brasil que programas matinais como o Mais Você, de Ana Maria Braga saíram do ar desde março. Nos Estados Unidos o mesmo aconteceu com o Good Morning America, popular programa de entretenimento que mistura jornalismo, dicas de bem estar e entrevistas. O programa conta com várias horas no ar, uma delas chamada GM3, que tinha Keke Palmer como uma das apresentadoras.

Desde que março, devido à cobertura especial por conta da COVID-19, esta terceira hora do programa, comandada pela atriz ficou de fora da grade, e ela acreditou que não voltaria mais quando o mundo começasse a voltar ao normal, o que de fato aconteceu. Nesta segunda-feira, 03 de agosto, Palmer explicou publicamente que a atração seria cancelada e que já esperava por isso.

“A questão é que, quando a pandemia ocorreu, foi o que ficou em nossas mentes, a pandemia, a compreensão pelo corona – COVID. Então eu meio que sabia que, se nosso programa voltasse, teria que ser muito, muito, muito mais tarde, porque o nosso programa era realmente sobre uma audiência específica”, disse ela em entrevista por vídeo-chamada ao programa Watch What Happens Live com Andy Cohen.

“Damos algumas notícias, mas é entretenimento”, disse Palmer sobre Strahan, Sara e Keke. “É realmente uma conversa divertida e alegre. Agora é um momento diferente, então parte da conversa mudou, e eu acho que isso empurrou o SSK. Então eu esperava”, falou ela. Palmer ingressou no segmento como terceira co-apresentadora em agosto de 2019, depois de aparecer várias vezes no programa. A ABC, canal que produz e exibe a atração não se pronunciou oficialmente, nem comentando sobre o cancelamento, nem sobre as declarações de Palmer. O site oficial do Good Morning America, ainda conta com o GM3 entre suas atrações.

ankara escort