Em evento, Brad Pitt faz piada com Quentin Tarantino sobre drogas

Quentin Tarantino e Brad Pitt em foto promocional para Era Uma Vez… Em Hollywood (Imagem: Divulgação/Sony Pictures Entertainment)

Enquanto apresentava uma homenagem ao diretor Quentin Tarantino, durante sua participação no New York Film Critics Circle Awards, o ator Brad Pitt fez uma piada com o cineasta sobre drogas. Como o evento não é transmitido pela televisão, a informação foi compartilhada pelo editor do site Slate, o jornalista Sam Adams, por meio de sua conta oficial na rede social Twitter. Depois, a polêmica piada acabou sendo ainda mais noticiada.

Ao se referir ao diretor, com quem já trabalhou duas vezes, em Bastardos Inglórios (filme de 2009) e no premiado e bem-sucedido filme Era Uma Vez Em… Hollywood (filme de 2019), o ator Brad Pitt brincou: “É a única pessoa que eu conheço que precisa de cocaína para parar de falar”. Antes disso, Brad Pitt também chamou atenção por outra polêmica, fora do evento, mas ainda sobre o mundo do cinema.

Em entrevista concedida ao jornal The New York Times, o ator revelou uma decepção com o filme Troia, produção de 2004, dirigida pelo cineasta Wolfgang Petersen e da qual participou. “Foi realmente uma reviravolta (para minha carreira) em Troia. Fiquei decepcionado com isso”, iniciou o ator, que ainda explicou por que acredita que o filme acabou se tornando uma decepção.

“Eu tive que fazer Troia porque – acho que posso falar isso agora – eu saí de outro filme e depois tive que fazer algo pelo estúdio. Então, fui colocado em Troia”, disse o ator. E completou, revelando um problema com a narrativa do filme: “Não foi doloroso, mas percebi que a maneira como o filme estava sendo contado não era como eu queria que fosse. Eu cometi meus próprios erros”.

E ressaltou: “O que eu estou tentando dizer sobre Troia? Não consegui sair do meio do quadro. Isso estava me deixando louco. Eu me tornei mimado trabalhando com David Fincher [diretor de Clube da Luta]. Wolfgang Petersen não é de menos importância. Das Boot é um dos melhores filmes de todos os tempos. Mas, em algum lugar, Troia se tornou uma coisa tipo comercial”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort