Emily in Paris: apesar das críticas, produtor diz que não tem obrigação nenhuma de se desculpar

Emily in Paris: Reprodução, Netflix

Emily em Paris é uma recente série lançada pela Netflix no começo do mês de outubro que gerou bafafá e dividiu opiniões. Ao redor do mundo, a polêmica correu solta e houve quem criticasse a abordagem escolhida pela produção, mas o produtor disse que ele não tem motivo nenhum para se desculpar por nada.

O caso é que a maior parte das críticas feitas à série estão chegando justamente dos franceses porque eles acabaram se sentindo ofendidos pela forma estereotipada como foram retratados na série e acreditam que nada daquilo corresponde à realidade nem da cidade nem dos parisienses.
Lucas Bravo, um dos atores envolvidos na produção chegou até a responder à onda de comentários do público, mas o produtor Darren Star, aparentemente, não se sente na obrigação de dizer nada mesmo com todas as reclamações que escutou.

“Todo o espetáculo que produzimos é uma carta de amor à cidade de Paris através dos olhos dessa simples garota americana que nunca havia estado ali antes. As primeiras coisas que ela vê são os clichês porque isso acontece desde o seu ponto de vista. Não me arrependo de ver Paris através de uma lente glamourosa. É uma cidade linda e eu queria fazer um espetáculo que pudesse celebrar essa parte de Paris”, disse ele.

Aparentemente, essa resposta é bastante convincente por todos os meios. É possível que os franceses não sejam daquele jeito e que o seu dia a dia não seja, na verdade, da forma como foi retratado na série, porém, no caso da primeira viagem de Emily a Paris, ela acabou carregando consigo os clichês que tinha em sua mente de garota americana, o que até a faz parecer estúpida em alguns momentos.

Mas, apesar das críticas feitas pelos franceses, o que importa é o sucesso, não é mesmo? Falem bem ou falem mal, a série está listada no top 10 da Netflix na maioria dos países.

ankara escort