Emmy Awards 2017, e suas vitórias histórias

O Emmy Awards 2017 se notabilizou por ser um Emmy com alguns feitos históricos de grande relevância.

Começamos por Donald Glover, que foi o primeiro negro a levar um Emmy como melhor diretor para uma série de comédia. Na história. Sem falar que ele ganharia um segundo Emmy, como melhor ator de comédia.

Da mesma forma, Lena Waithe, que ao lado de Aziz Ansari co-escreveu o episódio “Thanksgiving” de Master of None (Netflix), entrou para a história da Netflix por ser a primeira mulher negra a vencer na categoria Melhor Roteiro em Comédia.

Já Riz Ahmed, ator de The Night Of (HBO) foi o primeiro homem de origem asiática a vencer um Emmy por sua atuação (e apenas o segundo ator asiático na história a levar um Emmy para casa, depois de Archie Panjabi por The Good Wife).

Apesar de todo o poderio da Netflix, foi o Hulu, com The Handmaid’s Tale e suas oito vitórias a se tornar o primeiro serviço de streaming a vencer a categoria Melhor Série Dramática.

Reed Morano foi a primeira mulher a vencer na categoria Melhor Direção em Drama em 22 anos, também por The Handmaid’s Tale, além de ser apenas a terceira mulher na história a levar o prêmio pela categoria.

Sterlink K. Brown, de This Is Us (NBC), foi o primeiro negro a levar o prêmio de Melhor Ator em Drama em 19 anos (Andre Braugher, Homicide: Life on the Street, 1998).

Por último, mas não menos importante, Julia Louis-Dreyfus venceu pela sexta vez consecutiva a categoria Melhor Atriz em Comédia por Veep (HBO), estabelecendo um novo recorde para números de Emmys por uma atriz em um único papel (ela já havia empatado com Candice Bergen, que venceu cinco vezes seguidas por Murphy Brown).

bostancı escort