5 novelas de Manoel Carlos na Globo que mexeram com o Brasil

publicidade

Um dos autores mais aclamados das novelas brasileiras, Manoel Carlos completou 89 anos nesta semana. Maneco, como é carinhosamente chamado por pessoas próximas e artistas que trabalharam com ele, recebeu várias homenagens de pessoas famosas, que demonstraram saudades das tramas escritas por ele no passado.

Depois de uma carreira repleta de sucessos que não serão esquecidos pelos fãs dos folhetins brasileiros, sua última novela foi Em Família, exibida na Globo em 2014. Antes disso, ele colecionou fenômenos com histórias de pessoas reais que mexeram com o Brasil. O Entretê fez uma lista com algumas dessas produções para você relembrar.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

1 – Laços de Família

Reynaldo Gianecchini, Carolina Dieckmann e Vera Fischer em Laços de Família (Imagem: Divulgação/TV Globo)

Uma das novelas mais emblemáticas de Manoel Carlos, Laços de Família foi um grande sucesso. Exibida pela Globo entre junho de 2000 e fevereiro de 2001, a trama foi protagonizada por Vera Fischer, que surpreendeu o país ao interpretar Helena, que vive um relacionamento com Edu (Reynaldo Gianecchini), um homem muito mais jovem.

Esse é o enredo inicial da trama, que já começa com um acidente de carro que faz com que os dois se conheçam. Com o andamento da trama, Camila (Carolina Dieckmann), filha de Helena, entra na história para balançar o namoro dos dois. Ela se apaixona por Edu e os dois começam a se envolver. Pelo bem da filha, Helena decide abrir mão de seu amor.

Depois do casamento de Edu e Camila, Laços de Família entra em um momento mais dramático. A filha da protagonista é diagnosticada com leucemia e corre risco de vida. Mostrando que uma mãe é capaz de tudo por um filho, Helena toma atitudes que surpreenderam o público para salvar Camila. O retorno do público foi o melhor possível e a cena em que Dieckmann raspa a cabeça se tornou uma das mais lembradas da TV brasileira.

2 – Por Amor

publicidade
Regina Duarte e Gabriela Duarte em Por Amor (Imagem: Divulgação/TV Globo)

O amor entre mãe e filha também foi retratado em Por Amor, também escrita por Maneco no horário das nove entre 1997 e 1998. A trama central era protagonizada pelo relacionamento difícil, mas amoroso entre Helena (Regina Duarte) e Eduarda (Gabriela Duarte). O namoro entre a protagonista e Atílio (Antonio Fagundes) também foi importante, mas ficou em segundo plano.

publicidade

O ponto alto da história acontece quando mãe e filha ficam grávidas ao mesmo tempo e, por coincidência, fazem o parto na mesma noite. O filho de Helena e Atílio nasce saudável, mas o bebê de Eduarda e seu marido, Marcelo (Fábio Assunção), acaba nascendo morto. Para piorar, a mocinha não poderá ter mais filhos por conta das complicações.

Desesperada e preocupada com a reação da filha, Helena toma a decisão mais difícil de sua vida: com a ajuda de César (Marcelo Serrado), médico da família, ela troca os bebês. A atitude traz uma reviravolta para a vida dos personagens e se tornou assunto ao redor do país, gerando um grande debate.

3 – Páginas da Vida

Páginas da Vida foi um grande sucesso e está no ar no canal VIVA (Imagem: Divulgação/TV Globo)
publicidade

Trama que está sendo reexibida atualmente pelo canal VIVAPáginas da Vida também foi um grande sucesso em sua exibição, em 2006. Na ocasião, Regina Duarte interpretou Helena pela terceira vez, dessa vez vivendo uma mulher completamente diferente das anteriores.

A trama central se inicia quando Nanda (Fernanda Vasconcellos) é abandonada pelo namorado, Leo (Thiago Rodrigues), grávida. Ela volta para a casa dos pais e é acolhida pelo pai, Alex (Marcos Caruso), mas acaba protagonizando brigas terríveis com a mãe, Marta (Lília Cabral). Em uma dessas discussões, ela sai desesperada de casa e acaba sendo atropelada.

Nanda tem um parto difícil e dá à luz duas crianças antes de morrer na mesa de cirurgia. Marta, no entanto, fica com apenas uma das crianças, já que a outra tem síndrome de down. Helena, obstetra responsável pelo parto das crianças, decide adotar a menina e a novela transforma esse enredo em um importante merchandising social.

4 – Mulheres Apaixonadas

Mulheres Apaixonadas é protagonizada por Christiane Torloni (Imagem: Divulgação/TV Globo)

Para muitos, a Helena de Christiane Torloni foi a mais fraca de todas as personagens principais escritas por Maneco. Apesar disso, Mulheres Apaixonadas, levada ao ar em 2003, fez um grande sucesso. Embora a protagonista não tenha ganhado tanta empatia por parte do público, outros núcleos garantiram o sucesso da trama.

Um dos pontos altos foi a abordagem da violência contra a mulher. Raquel, vivida pela atriz Helena Ranaldi, vive um drama ao ser agredida pelo ex-marido, Marcos (Dan Stulbach). Pra completar, a professora de educação física ainda se apaixona por um aluno, transformando a difícil situação em um triângulo amoroso.

Mulheres Apaixonadas também foi responsável pela apresentação de Bruna Marquezine ao país. Ela viveu Salete, uma menina que sofre um grande baque ao ter sua mãe, Fernanda (Vanessa Gerbelli), assassinada em um assalto. As cenas da morte da personagem foram as mais marcantes do folhetim.

5 – História de Amor

Regina Duarte fez sua primeira Helena em História de Amor (Imagem: Reprodução/canal VIVA)

História de Amor ficou marcada como a primeira novela de Manoel Carlos protagonizada por Regina Duarte. Único folhetim da nossa lista exibido na faixa das seis, a história foi ao ar entre 1995 e 1996 e também fez um grande sucesso. Mais uma vez, a relação entre mãe e filha é o mote principal do enredo.

Na trama, Joyce (Carla Marins), é uma jovem que acaba engravidando de seu namorado, Caio (Ângelo Paes Leme). A novela acompanha o difícil relacionamento entre Joyce e sua mãe, Helena. Na vida amorosa, a protagonista se apaixona por Carlos Alberto (José Mayer) e sofre com a perseguição de Scheila (Lília Cabral) e Paula (Carolina Ferraz), que são obcecadas por ele. Nos capítulos finais, o público ainda ficou mexido com uma grande revelação envolvendo Helena e Joyce.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›