A Fazenda 13: Aline Mineiro expõe bipolaridade e faz revelação

Aline Mineiro desabafou sobre bipolaridade (Foto: Reprodução)

Em conversa com Solange Gomes, a ex-panicat Aline Mineiro desabafou sobre ser bipolar. Segundo a própria, se ela não tomar as medicações necessárias, as suas relações podem sofrer diversos baques.

“Eu tomo dois [remédios]. Sem medicação, eu não tenho convívio social. Nervoso, briga, grito, estresse. Se [a produção do programa] tirasse [a medicação], eu não vinha pra cá. Porque eu ia acabar com a minha vida”, disse ela.

De acordo com a namorada de Léo Lins, a descoberta foi aos seus 25 anos. “Eu tenho que tomar sete [remédios] de manhã. O meu [tratamento] é de depressão e bipolaridade. A bipolaridade é pior. A depressão, você ainda fica quieta. Mas a bipolaridade é tipo, eu tô aqui com você, eu tô achando ruim que você tá sentada. Aí eu me estresso. É uma loucura. Eu tenho 30 [anos], eu descobri quando eu tinha 25. Até os 25, minha vida era assim”, argumentou.

Relação aberta

Depois de Aline Mineiro beijar Dayane Mello no programa, o namorado da artista, Léo Lins, publicou um vídeo no Youtube comentando sobre a relação aberta com a modelo. Segundo ele, ela não lhe desagradou em nada.

“A gente faz isso… com mulheres, não tem problema. Ela pega menina, eu pego menina. Quando aconteceu o beijo, eu já logo pensei que as pessoas iriam cancelar ela… Ela explicou lá no programa que estava tudo certo entre a gente. E então eu fiz um Stories falando que com meninas não tem problema, mas se ela ficar com um cara, acabou”, iniciou.

Na sequência, ele disse que fez sexo a três pela primeira vez, ao lado dela. “Nunca tinha feito ménage, sair com duas mulheres, até conhecer a Aline. […] Quando a gente se encontrava, lá no começo do namoro, a coisa pegava fogo. Ficávamos a noite toda transando, dava uma, dava outra, depois mais uma. Um dia ela falou, ‘não estou aguentando, vou ter que chamar uma amiguinha’. Foi o duende do pote de ouro que apareceu na minha frente”, contou.

Ao concluir, o humorista e amigo de Danilo Gentili, disse que a companheira sente atração sexual em lhe assistir com outra mulher. “Eu falei para ela que abriria mão de transar com outra menina, caso ela quisesse transar com outro homem depois. E ela disse que não queria se relacionar com outro homem, apenas com meninas. Ela disse ‘eu gosto de menina, quero estar com você e outra menina’. Ela tem tesão em me ver com outra menina”, afirmou.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›