A Fazenda 13: Nego do Borel solta palavrão ao vivo na Record

O cantor Nego do Borel está aliviado. Ele foi salvo na primeira roça de A Fazenda 13, que terminou com a eliminação de Liziane Gutierrez. Em certo ponto do bate-papo que os indicados tiveram com a apresentadora Adriane Galisteu, o famoso acabou soltando um palavrão. Ele foi questionado sobre se sentir perseguido no reality show da Record TV e disse que “a situação é f*da”.

“Muitas pessoas quando chegaram aqui na Fazenda falaram que não trouxeram nada lá de fora. Eu percebi uma coisa dentro da casa, eu sinto coisas e vejo coisas com meus olhos que pessoas que estejam vendo 24 horas não veem e não sentem. Eu já sabia que ia pra roça de qualquer jeito. Eu decidi ser eu intensamente, jogar o jogo para que as pessoas pudessem me conhecer em curto prazo“, disse ele, citando um dos colegas na sequência.

Ele cita que algumas pessoas “puxaram o saco” do fazendeiro da última semana. “O Gui Araujo sendo fazendeiro, muitas pessoas puxaram saco e eu me senti excluído de homens, de mulheres. Muitas pessoas falaram que antes de entrar no programa, os familiares, a equipe falaram pra não tá perto de mim. Isso me atrapalha no jogo. Mesmo se eu não tivesse feito nada dentro da casa eu ia pra roça de qualquer jeito. Por isso, eu decidi me jogar me entregar, errar sim, falar demais. Se de repente hoje eu voltar pra casa, as coisas podem mudar e eu já comecei a ver as coisas de outro jeito, outro ângulo. Enfim, é f*da. É difícil, perdão, é difícil pra mim“, concluiu ele.

Julgamentos

Nesta semana, Nego do Borel desabafou com MC Gui Tiago Piquilo em A Fazenda 13. Ele falou sobre julgamentos.

“Gosto de pessoas humildes, tá ligado? O Ti, o Vitão, o MC Gui que agora a gente desenrolou, a gente conversou e pedi desculpas pra ele. Tem muita gente se baseando aqui dentro nas coisas lá de fora, tá ligado? Muitas pessoas não ouviram o Gui estar numa discussão sem sair da classe. Muitas pessoas olham pra gente porque a gente é o funkeiro que fala isso e aquilo e não vale nada, não presta e não é boa pessoa. Sendo que tem um monte de gente que é mascarado”, comentou.

Ele ainda falou sobre erros externos. “Tem um montão de gente que não tive seus erros expostos como eu e o Gui tivemos. Teve muita coisa que fala coisas de mim que não é verdade, tá ligado? As pessoas acham o que elas veem, julgam pelo que veem e entendo, mas aqui dentro muitas pessoas falam: ‘pô, eu não te julgo pelo o que aconteceu lá fora. Te julgo por aqui’. Caô, pô”, concluiu.

MAIS LIDAS

Thiago Freitas
Marketing - Centro Universitário de Belo Horizonte. Atua como redator para o nicho de TV e famosos.
Veja mais ›