A Fazenda 13: Rico debocha de provável processo de peoa

Dayane Mello já foi eliminada de A Fazenda 13, mas antes, garantiu ao adversário Rico que o processaria, já que ele apontou racismo em uma declaração dada por ela. Nessa segunda-feira (06), ele debochou da possível situação e disse que a ex-peoa não ganharia dinheiro nenhum.

“Eu já tô vendo o processo de Day. A Day vai pedir o quê, pelo amor de Deus? Processa aí, porque não vai ganhar nada, eu não tenho dinheiro. A única coisa que eu tenho no meu nome é o meu CPF e o meu RG”, comentou ele em conversa com Mileide Mihaile.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, ele destacou que a modelo não conseguiria lhe prejudicar muito. “O meu carro não tá quitado, minha casa também não. Então, meu amor, você quer o quê? Dinheiro você não vai ter de mim, o programa eu não ganhei. O dinheiro que eu ganhei lá eu já gastei todinho. Vou fazer serviço comunitário. Desaparece da minha frente, Day”, revelou.

“‘Não, mas você vai ter que vender as suas coisas”, disse a ex-de Safadão, em um tom de brincadeira. “Oxe, vender o que não tá quitado? Não tem como vender, não. O Banco já tá já pegando de volta. Outra coisa, Sr. Juíz, pode pesquisar aí, não tenho nada no meu nome. Botei tudo em laranja, que eu sou desses”, respondeu o influencer.

Não se arrependeu

Ao participar da Cabine de Descompreensão, Dayne confessou que não se arrepende de nada no jogo, muito menos por ter rasgado a jaqueta de Rico. Além disso, ela revelou que se a produção não tivesse interferido na situação, teria feito coisas bem piores dentro da sede.

“Não me arrependo. Faria tudo de novo. Eu disse que ia cortar todas as roupas dele pra não ter uma pra final. Eu acho que naquele momento eu teria feito coisa pior se a produção não tivesse me parado. Eu ia botar cocô dentro das botas dele, eu ia cortar as roupas dele. Eu sou louca, não sou normal. Se eu fosse normal, não taria em “A Fazenda 13″. Eu tava pra quebrar prato”, garantiu.

Na sequência, a ex-aliada de Aline Mineiro comentou sobre o plano que acabou dando errado. “Aí, sabe o que pensei? Que no outro dia ele ia ter de levantar para fazer o cavalo. Eu queria que ele botasse a jaqueta e visse que tava rasgada. Essa foi a intenção. Eu esperava que ele viesse perguntar, mas não aconteceu. Aí, ele pegou a jaqueta e guardou sem querer e ficou por quatro dias debaixo da cadeira”, desabafou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›