A Fazenda 13: Saiba quem é o novo fazendeiro

publicidade

Pela terceira vez, Rico Melquiades se tornou o novo fazendeiro em A Fazenda 13. Em uma disputa intensa com Marina Ferrari e Solange Gomes, o alagoano levou a melhor e retornou para a sede com o cargo mais desejado pelos peões, na reta final do programa.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Engana-se quem acha que a dinâmica para conquistar o chapéu foi fácil. Ao vivo, três etapas foram mostradas, sendo a primeira um circuito que eles precisavam passar sem pisar no chão. Na segunda, eles jogaram um copo em uma mesa gigante, já a última, se tratou de um jogo da velha.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Nas três rodadas, a prova teve pontuações diferentes, sendo a primeira 50, a segunda 75 e a última 100, vencida pelo amigo de Carlinhos Maia. Com o resultado, a influencer de Maceió, a ex-banheira do Gugu, e a ex-BBB Dayane Mello se enfrentarão na décima primeira disputa do reality.

Não entende

Em conversa com Marina Ferrari, Rico garantiu não entender os posicionamentos de Aline Mineiro com os outros peões. Na visão dele, a peoa faz de tudo para não ser votada.

“Eu fico mordido em mim por dentro, mas velho, eu fico pu** por dentro, eu juro. Café da manhã para todo mundo”, revelou. “Meu amor, eu também não gosto. Para a Mileide, tudo bem, mas a gente sabe a maldade de umas pessoas aqui que estavam debochando da gente, sim. Isso não me entra, eu não consigo ser a mesma pessoa. Deixa ela, Rico. É o jeitinho dela”, pediu a alagoana.

Na sequência, o atual fazendeiro voltou a demonstrar insatisfação com os comportamentos da amiga. “Não é jeitinho, isso é jogo dela e está ótimo. Eu não acho legal um jogo desses. E falar que é assim lá fora, não é, até mesmo porque ela falou que lá fora ela não faz a comida do Léo [Lins], parece, alguma coisa desse tipo”, revelou.

publicidade

Depois de ouvir o desabafo do humorista, a empresária afirmou que eles não podem julgar as atitudes de uma pessoa que ambos gostam. “A gente não pode julgar isso, entendeu? Rico, se é o jogo dela e você não concorda, não importa. O importante é que ela está te ajudando aqui, que ela é uma amiga boa, que ela ama você, só fala bem de você. Na hora que você está chorando, ela vai e te faz carinho. Na hora que eu estou angustiada, ela vem. Se é o jogo dela, deixa ela jogar. Ela já é mulher madura, a gente não tem que mandar no jogo de ninguém”, finalizou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›