Adriana Birolli surge com peça listrada e mostra detalhe

Adriana Birolli está longe das novelas inéditas na Globo, mas sempre mata a saudade dos fãs nas redes sociais, com fotos pra lá de encantadoras e ousadas. Há algum tempo, a musa que viveu a filha da protagonista de Fina Estampa, surgiu com uma peça listrada, e ostentou toda a boa forma.

No registro, a beldade apareceu com os cabelos molhados, exibindo a barriga sequinha com a peça fio dental que deu o que falar entre os admiradores do post caloroso.

“Mulher do céu, você parece um anjo”, disse um rapaz. “Fico doido com uma foto tão linda dessa”, brincou a segunda pessoa. “Gente, estou chocado com a beleza dela”, confessou a última.

Mudaria tudo

Em 2011, Adriana Birolli ganhou a personagem Patrícia na trama Fina Estampa, escrita por Aguinaldo Silva. A novela que foi exibida pela segunda vez nos últimos meses, deixou os internautas mais críticos com a atuação da beldade que está fora da Globo. Em conversa com a Quem, ela confessou que percebe que na época, era muito fraca como atriz.

“Mudaria, claro! Se eu regravasse agora e visse novamente, ia ver outras coisas que poderia melhorar. Nossa profissão não é matemática, cada vez que uma cena for feita será diferente. Fina Estampa foi minha segunda novela, hoje, tenho 9 anos a mais de experiência, alguma maturidade conquistada, tudo isso reflete na nossa atuação”, disse.

Logo em seguida, ela elogiou todos os envolvidos com o projeto e disse ter sido uma experiência incrível. “Foi incrível! Guardo essa recordação com muito carinho! Machuquei o nariz na última prova! Tinha um rolo gigante de velcro e fui correndo, acabei ralando o nariz [risos]. O público amava a Patrícia em 2011 e continua amando em 2020! Eu adoro assistir! Poder rever com o distanciamento do tempo, lembrar dos bastidores, do quanto era gostoso fazer o trabalho!”, afirmou.

Criticou

Em Abril deste ano, Aguinaldo Silva foi detonado nas redes sociais, ao criticar os capítulos inéditos de Amor de Mãe. Segundo ele, Manuela Dias, autora da novela, escreveu cenas muito pesadas para serem exibidas em tempos de pandemia.

“Até a Cora [Marjorie Estiano/Drica Moraes], que é uma personagem sinistra, diz coisas tão terríveis que fica engraçado. O tom da narrativa, por mais intenso que seja, sempre tem um escape para o humor. Escrever uma novela pesada, tensa e com pessoas muito perversas atrapalha as pessoas que já estão em casa”, falou.

Confira:

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›