Alanis Guillen, Juma de ‘Pantanal’, revela dica de Cristiana Oliveira

publicidade

Alanis Guillen, confirmada como a nova Juma Marruá do remake de ‘Pantanal’, revelou durante entrevista ao ‘Fantástico’ no último domingo (19), que recebeu uma dica de Cristiana Oliveira, protagonista da novela exibida originalmente em 1990 pela extinta TV Manchete.

A atriz, que estreou na TV em 2019, quando deu vida à Rita, em ‘Malhação: Toda Forma de Amar’, contou que conversou com a veterana e recebeu um conselho para não ficar presa ao que já foi feito, mas sim, construir algo totalmente novo. “Cristiana me disse para não ficar presa à Juma dela, para ser uma construção minha”, afirmou Alanis, que garantiu entregar um trabalho à altura da personagem.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“A Juma vai ter sangue. Ela pulsa! Para mim, ela é o Pantanal, essa natureza viva. Vamos recontar essa história no Brasil de hoje, esse Pantanal de agora, para o brasileiro de hoje. Está sendo uma missão. Estou entregue e muito feliz”, afirmou a artista de 23 anos.

Questionada se ela tem medo de encarar o desafio de interpretar uma personagem tão marcante, Alanis garantiu: “Não tenho medo. Quando penso nele, ele parece pequeno diante de tudo”, disse ela na entrevista.

As gravações de Pantanal se iniciam em Outubro. Empolgada, a atriz diz que não vê a hora de ir até a região para começar as filmagens, que segundo o diretor Rogério Gomes, envolverá cenas com bichos, dentre eles uma onça domesticada. “Não vejo a hora de pisar no Pantanal, de habitar aquele lugar, conhecer tudo aquilo”, destacou Alanis.

Remake de ‘Pantanal’ será fiel à trama original

A novela que foi escrita originalmente por Benedito Ruy Barbosa, de acordo com o novo autor Bruno Luperi, que é neto de Benedito, terá o remake fiel à trama original.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Passados trinta anos, ainda me espanta ver como uma obra consegue se manter tão atual e pertinente nos dias de hoje. É natural que algumas situações, hoje, estejam fora de contexto, mas a estrutura dramática é atemporal”, declarou ele.

Sexualidade de Alanis Guillen

Na entrevista, Alanis Guillen também comentou sobre sua sexualidade. Ela que já havia afirmado ser bissexual, destacou que hoje se considera uma “mulher múltipla” e não se define apenas como bi.

publicidade

“Hoje eu sou uma mulher múltipla. Hoje eu nem coloco mais se eu sou bi, o que eu sou. Eu me relaciono com pessoas. Se tem um coração que conecta com o meu, é com essa pessoa que eu vou me relacionar”, destacou ela, que falou ainda, sobre seus hobbies. “Eu gosto muito de pintar, descobrir as cores. Gosto de ir para a natureza, gosto de viajar. Amo praia, cachoeira, amo sol”, afirmou.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›