Alanis Guillen expõe problema em cena íntima com Jesuíta em Pantanal

publicidade

Alanis Guillen, atriz que vive Juma Marruá no remake de Pantanal, revelou durante participação no programa Encontro, uma curiosidade sobre a cena íntima que protagonizou com o ator Jesuíta Barbosa na novela.

Na ocasião, a famosa mencionou a gravação da cena do primeiro beijo entre Juma e Jove, que aconteceu em um rio no Pantanal. Segundo a artista, além do nervosismo, ela teve que enfrentar alguns problemas até chegar no local das filmagens.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Para chegar à prainha [onde rolou o beijo], você pega uma trilha em que você enfia o carro e vai descendo. É um tempão, você não chega nunca, e eu nervosa com essa cena… Eu não sabia onde encontrar [a personagem]”, revelou ela, que contou com a parceria de Jesuíta. “Mas nós nos encontramos ali na hora, vivendo juntos, olho no olho, no peito e nas mãos dadas”, explicou.

Na cena mencionada pela artista, Jove deu uma “aula de beijo” à jovem, que nunca havia beijado antes. Na sequência, ele surgem juntos dentro do rio pantaneiro, nus e trocando carícias.

Na entrevista, Alanis Guillen comentou ainda, sobre os conflitos que os personagens vivem na relação e também a chegada de José Lucas (Irandhir Santos), para mexer ainda mais com os sentimentos da mocinha.

“Ela tem uma grande certeza, que é esse amor pelo Jove, mas o José Lucas despertou uma coisa nova. O Jove despertou o amor, que também foi uma descoberta. Ela não conhecia esse tipo de amor, só conhecia o amor pela mãe. O José Lucas, por outro lado, mexe com algo que ela não entende, a energia do corpo. [Ela pensa:] ‘O que tá acontecendo? Eu amo o Joventino, mas eu não sei o que está acontecendo'”, comentou a atriz.

Química de Juma e Jove em Pantanal

publicidade

Em conversa com o Gshow, Alanis Guillen falou sobre a química entre os personagens de Juma e Jove. A aproximação intensa dos dois, inclusive, fez muitos internautas questionarem se a atriz e Jesuíta também estariam vivendo um romance na vida real, algo que foi negado por ambos.

“O texto nos guia de forma espetacular, é uma dramaturgia das mais bem construídas. Tendo isso, fomos buscando algo que nos conectasse de forma única. A admiração e a curiosidade instigante um pelo outro inspira e aproxima. O processo tem nos envolvido tanto, que torna cada desafio uma descoberta deliciosa”, destacou a famosa.

publicidade

Na entrevista, ela também citou as diferenças entre os sentimentos que Juma tem por Jove e José Lucas: “José Lucas de Nada provoca desejo carnal. Já pelo Joventino ela sente amor. Só que Juma não entende o que é essa sensação que José Lucas a provoca, por isso ela se revolta”, explicou Alanis.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›