Ana Paula Renault diz que ser verdadeira não é fácil e desabafa

publicidade

Dona do bordão ‘Olha ela’, Ana Paula Renault coleciona momentos polêmicos dentro do BBB 2016 e fora dele também. Em recente conversa com a revista Quem, a artista disse que não é uma pessoa que consegue ficar calada em meio aos acontecimentos importantes e polêmicos.

Além disso, ela admitiu ser do tipo que milita nas redes sociais em busca de mais igualdade e dos direitos necessários para as minorias.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Não é fácil, todo mundo fala que gosta de pessoas que falam a verdade, mas tem um preço a se pagar. Eu gosto de pagar. É um preço alto, mas é um preço que me faz dormir sem precisar tomar remédio à noite, dormir tranquila e saber quem realmente eu sou, minha verdade”, comentou.

Ao falar sobre o seu sucesso, a comunicadora pontuou que visa aproveitar a sua chance de alcançar muitas pessoas com temas importantes e conscientes.

“Se realmente Deus existe e me deu a oportunidade de ter uma voz que alcança mais pessoas, eu tenho que fazer a minha parte. Não posso me silenciar e é por isso que eu milito mesmo, tenho minhas bandeiras. Não vou me silenciar porque sou resistência”, desabafou.

Ódio

Dando sequência ao assunto, a artista pontuou que por ser verdadeira e sincera, enfrenta diversas ondas de ódio em suas publicações e no perfil do Instagram. Mas, segundo ela, é um dos preços de ser transparente.

publicidade

“Com a popularização da internet, esses ataques aumentam. A internet é uma ferramenta muito importante, que nos mantém conectados, mas tem esse lado ruim de que as pessoas atrás da tela se sentem imbatíveis, então atacam mesmo. Acho que a gente tem que receber isso… sabe aquela frase ‘amor dividido é amor multiplicado’? Não dá pra combater com mais ódio”, argumentou.

Arthur Aguiar

Nas redes sociais, Ana Paula Renault sempre criticava Arthur Aguiar, e nunca escondeu a falta de carinho com o ator e campeão do BBB 2022. Ao falar sobre isso, ela disse que o importante é respeitar a opinião do próximo.

publicidade

“Eu acho que todo mundo pode ter sua opinião, você não precisa concordar e o ganhador não precisa ser o seu favorito e as pessoas têm que respeitar isso. [Falam] ‘Ah, mas você joga hate no Arthur’. Não, eu só não concordo com as atitudes, acho realmente que ele passou por um coach e eu gostaria de ver pessoas reais vivendo o BBB. Isso não é jogar hate, ao contrário do que eles fazem com a gente. Teve um hater pra quem eu respondi: ‘é isso que o seu ídolo desperta em você?”, refletiu.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›