André Gonçalves recusa ajuda de Dani Winits após prisão decretada

André Gonçalves revelou que recusou dinheiro de Danielle Winits para pagar dívida de quase meio milhão de reais. O ator teve sua prisão domiciliar decretada pela Justiça por falta de pagamento da pensão das filhas, Valentina e Manuela.

Em entrevista ao jornal O Globo, André contou que a esposa já ofereceu ajuda financeira para resolver o problema, mas ele recusou. Ele confessou que também rejeitou ajuda de outros amigos.

A Dani já se colocou à disposição várias vezes para me ajudar, mas eu não aceito. Não aceito porque não é justo e porque isso não vai parar. Tenho uma porrada de amigos com dinheiro e não quis pedir para ninguém, alguns amigos quiseram fazer uma vaquinha, não quis…”, relatou.

“Então assim isso aqui [aponta para a casa], o carro, não é meu, isso é da Dani e dos filhos dela. Então, a primeira coisa que eu fiz foi dizer: ‘Dani isso é um problema muito sério, que é meu. Jamais você vai mexer em R$ 1 para me ajudar, não aceito’. Ela tem as questões dela, eu tenho as minhas”, afirmou André.

André Gonçalves fala sobre a família

O ator exaltou a esposa e disse que ela tem uma boa relação com Valentina, fruto do relacionamento dele com a jornalista e atriz Cynthia Benini. “A Dani é minha parceira, coração gigante, não tenho nem o que falar. É um presente. Não só para mim: a Dani tem relação com a Valentina de carinho e afeto”, declarou.

Com prisão domiciliar decretada, André vai receber em breve a visita do oficial de Justiça. Ele receberá a notificação judicial e a tornozeleira eletrônica que terá que usar até que a situação com a Justiça seja resolvida.

Danielle Winits faz reflexão

Recentemente, após a decisão da Justiça, Dani publicou uma mensagem de reflexão em seu perfil no Instagram Stories. “Empatia: um caso de utilidade pública”, dizia o texto da postagem.

Ator desempregado

Advogado do ator, Sylvio Guerra, contou em entrevista à revista Quem que o cliente está sem emprego desde 2016, mas que sempre contribuiu com a filha.

Ele está desempregado desde 2016. Foi demitido e nos últimos cinco anos os juízes estavam acolhendo nossas ponderações de que, sem emprego, ele não tem como arcar com a pensão integralmente. No entanto, nesse tempo, ele nunca deixou os filhos sem amparo. Toda vez que faz algum trabalho, ele paga algum valor, mas não o integral”, disse o advogado de André Gonçalves.

Vitor Peccoli
Publicitário, roteirista formado pela Casa Aguinaldo Silva de Artes. Escreve sobre TV e famosos desde 2013 | Contato: [email protected]
Veja mais ›