Anitta revela show na final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras

Anitta retornou ao Brasil e em meio a agenda de compromissos da cantora, está um show na final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras que acontecerá no próximo sábado (27). A informação foi revelada pela própria artista no podcast “Podcats”, comandado por Virgínia Fonseca e Camila Loures no YouTube.

“Eu vou cantar de novo na final da Libertadores, agora no sábado. Vai ser Flamengo e Palmeiras. Eu não sou Flamengo não, sabe? Eu sou Brasil… Eu sou botafoguense. Mas, assim, nas vezes em que eu fui para o Flamengo, o Flamengo ganhou, viu? (Nas vezes) Que eu cantei. O truque é: “Eu vou, canto e vou embora”. Aí o Flamengo ganha. É uma loucura”, afirmou Anitta.

Vale lembrar que, Anitta também se apresentou na final da Libertadores de 2019, em Lima. Na época, o Flamengo venceu o River Plate por 2 a 1 e conquistou o segundo título do campeonato de sua história. Mesmo sendo torcedora do Botafogo, a cantora defende que, se o Flamengo voltar a ser campeão, ela precisa ser reconhecida como musa do time, considerando ser um amuleto para os torcedores rubro-negros.

“Estou achando que sou o pé de coelho deles. Se ganharem desta vez a gente vai comprovar que eu sou. Aí vou querer algum negócio de musa. Mesmo que eu seja Botafogo, vou querer alguma coisa. Porque toda vez que vou (o Flamengo) ganha”, brincou a famosa.

Affair com garçom gringo

Durante o bate-papo, Anitta também falou de outros assuntos, como por exemplo um affair que tem com um garçom gringo. Segundo ela, eles não vivem um relacionamento sério, mas sempre que podem estão ficando.

“Tem que ser uma pessoa de vibe legal. Às vezes é uma pessoa famosa que fica tudo grilada, ainda mais lá fora, e é por isso que eu prefiro ficar com o garçom. Eu não me coloco como ‘sou artista, você que venha até a mim’. Isso que me dá o ranço. Lá fora, quando alguém muito mais famoso faz isso, já me dá o ranço. Quando a pessoa decidiu vir, já não quero mais. Esse espírito de superioridade me dá agonia. Não me coloco num patamar maior. Como pessoas, somos iguais. Quero que o cara me trate como uma pessoa normal, então não posso ficar exigindo que ele faça coisas extras para mim só porque sou famosa, porque sou Anitta. Se ele quiser, eu vou na casa da mãe e entro no carro velho. Não tô nem aí”, explicou.

MAIS LIDAS

Henrique Souza
Mineiro, 26 anos, Graduado em Comunicação Social, Redator e Social Media.
Veja mais ›