Aos 41 anos, Claudia Leitte reflete sobre aceitação com beleza

Aos 41 anos, Claudia Leitte vive um ótimo momento profissional e pessoal. Com a nova música de trabalho ‘De Passagem,’ a artista assume viver uma fase de autoestima e de muito empoderamento feminino. Além disso, ela revelou estar muito apaixonada por si.

“Estou num momento narcisista. Saudável. Muito apaixonada por mim. É de dentro para fora o processo. Estou num momento ‘bem’. Tem que se gostar. Você vai viver bem com o outro se estiver bem como você mesma”, falou à revista Quem.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Na sequência, a cantora que é mãe de três herdeiros e não descarta ter mais, afirmou que vem amando o cabelo ruivo, e disse que isso reflete em sua autoestima.

A primeira vez que me vi ruiva me amei, fiquei com vontade de chorar. Cabelo mexe muito com a gente. Mexe com a autoestima… tenho ritual para dormir com o meu maridinho de colocar meu perfume, usar o beauty sleep, que deixa o cabelo cheiroso e macio. Acabei me disciplinando [a me cuidar]. Sempre tiro a maquiagem, passo hidratante facial, um produto formulado, touca de cetim…”, comentou.

Alimentação

Com um corpo de mocinha, Claudia Leitte recentemente destacou que costuma comer de tudo e não é uma pessoa chata com dieta. Mas, apesar disso, ela gosta de comer coisas com qualidade e que vão lhe fortalecer de alguma forma saudável.

“Como até batata frita. Como de tudo. Só tenho muito cuidado com a qualidade do que eu como. Esses dias comi chocolate com o maior prazer do mundo. Às vezes, faço a batata naquelas panelas elétricas, para ficar mais saudável. Mas tenho a alimentação saudável no geral. Como de tudo um pouco, mas na hora certa. Temos que tentar ter um equilíbrio. Com criança em casa, aí que temos que regular mesmo. O cuidado é redobrado”, comentou.

Ao continuar a conversa, ela destacou que se preocupa com a alimentação dos três filhos, que segundo a artista, adoram besteiras.

“Se deixar, os meninos só comem besteira. Não é porque estão nos Estados Unidos, não. Isso é em qualquer lugar. Cresci no Centro Histórico de Salvador. Ali, comia frango a passarinho, acarajé… tudo que você imaginar. No fim de tarde, ainda comia o pãozinho de queijo, tomava refrigerante. Dei muito trabalho para a minha mãe e para o meu pai. Acho que estou pagando todos os meus pecados com eles agora, com os meus filhos. Eu tenho três filhos que são minha imagem e semelhança (risos)”, desabafou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›