Após De Férias Com o Ex, Gabily revela se vai entrar em novo reality

publicidade

Gabriela Batista, conhecida como Gabily, vem roubando toda a cena no cenário do funk. Com músicas ao lado de funkeiras famosas, a musa de 26 anos também participou do De Férias com o Ex na MTV, e sempre causa polêmica pela autenticidade.

Em conversa exclusiva ao Entretê, ela desabafou sobre o amor pela música, falou sobre cantar musicas proibidonas, revelou se entraria em um novo reality, e ainda refletiu sobre ser mulher em uma sociedade machista.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Confira a entrevista:

Entretê- Em qual momento da sua vida você decidiu seguir carreira de cantora?

Gabily: Eu canto desde os meus 3 anos de vida, então na verdade parece que nem foi uma escolha. Parece que nasci para isso, é uma paixão louca por cantar mesmo e se divertir com isso.

Entretê- Qual é o seu maior sonho enquanto artista?

publicidade

Gabily: Quero que as pessoas reconheçam meus trabalhos, quero minhas músicas nas melhores posições nas plataformas digitais. Quero poder levar um pouco mais do funk carioca para lugares ainda machistas e com pensamentos totalmente errados sobre o funk.

Entretê -Na sua opinião, bilhete premiado é a sua música mais marcante?

publicidade

Gabily: É a mais marcante por ser a mais recente, mas, a música “Você gosta assim” e “Deixa Rolar”, que eu lancei lá em 2016, preenchem um espaço diferente em mim. Foram as minhas primeiras, então elas me pegaram de forma diferenciada.

Entretê-  Já sofreu machismo por ser uma mulher empoderada e postar fotos sensuais?

Gabily: Acho que todas as mulheres que postam essas fotos sofrem isso. Infelizmente é uma cultura que se enraizou, infelizmente a gente cresceu tendo essa educação machista vindo das nossas gerações anteriores. Está acontecendo uma desconstrução em todos nós. Estamos em um momento de ocupar o nosso espaço, de levantar nossas bandeiras, as pessoas precisam aceitar isso.

Outro reality

publicidade

Entretê- Você aceitaria participar de A Fazenda ou do BBB?

Gabily: Eu aceitaria participar somente do Big Brother.

Entretê- O que pensa sobre a cultura de cancelamento?

Gabily: Nossa, eu acho isso muito complicado. Acredito que só Deus pode cancelar o próximo. A galera vê coisas na internet, nem pesquisam e querem cancelar. As vezes a gente acaba sendo infeliz com declarações, enfim, principalmente em coisas virtuais.

Entretê- Acredita que é uma artista que se posiciona politicamente?

Gabily: Olha, eu me posiciono de maneira branda. Vejo vários posicionamentos agressivos, e no off fazem totalmente ao contrário. Odeio hipocrisia, mas quem vai nos meus shows sabe quais são as minhas escolhas perante ao atuais políticos. Faço a minha parte numa boa.

Entretê- Você gosta de cantar proibidões?

Gabily: Sim. É uma forma de me posicionar e verem os nossos valores. As pessoas dão valor para artistas internacionais, Ariana Grande por exemplo, que tem letras quentes. Mas, quando é no Brasil falam que não temos futuro, que só tem putaria e que só sabemos rebolar. Temos talento independente da letra da música, estamos expressando a nossa arte.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›