Após detonar Arthur, ex-BBB Jessilane sofre ofensas e toma atitude

Depois de detonar Arthur Aguiar no Dia 101, no BBB 2022, Jessilane Alves precisou recorrer aos stories do Instagram para pedir respeito. Segundo ela, está rolando uma onda de ataques racistas em seus posts, após falar o que pensa sobre a vitória do ator no reality.

Indignada, a educadora também fez questão de dizer que essas pessoas serão punidas, visto que conta com uma equipe que está atenta aos últimos acontecimentos.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

“Resolvi passar aqui para falar o que vem acontecendo nas minhas redes. Ontem pela manhã eu disse que estava em paz e tranquila com aquilo que eu falei. E realmente estou em paz e tranquila com aquilo que eu falei, porque eu não ofendi ninguém. A única coisa que eu fiz foi expor a minha opinião, como eu já vinha fazendo no programa”, comentou ela, que prosseguiu com o relato.

“Quem de fato acompanhou a minha trajetória lá dentro, sabe quem eu sou e como eu sou. Mas eu recebi mensagem dos meus adms dizendo que além de comentários ofensivos, eu venho recebendo ataques racistas e discursos de ódio, então nesse lugar, como eu disse para os meus fãs no Twitter, passamos para outro nível, porque agora atingimos não só a mim com esses comentários”, disse a famosa.

Por fim, a amiga de Linn da Quebrada enfatizou que os seus advogados lhe ajudarão a punir as pessoas racistas em seu perfil do Instagram.

“Então nesse lugar os meus adms já estão acompanhando todos esses comentários e todo o jurídico está sendo acionado, porque isso é crime. Então se é crime, temos que levar para um outro lugar sim. Eu continuo não lendo os comentários, não acompanhando, porque não me agrega, mas os meus adms estão e todas essas pessoas serão responsabilizadas”, pontuou.

Entender o movimento

Em conversa com a revista Caras, Jessilane disse que uma de suas estratégias no início do jogo, foi se esconder para entender a movimentação da casa com os outros participantes.

“Eu acredito que se eu tivesse conseguido encontrar o meu espaço já no início do programa, teria sido diferente e talvez eu até saísse antes, então foi como se eu tivesse ‘escondida’ pra entender o movimento, sabe? Foi muito bom aquilo ter acontecido, para que eu fosse criando meu espaço aos poucos e de alguma forma fosse ficando um pouco mais estratégica e observadora no jogo, até as pessoas começarem a me enxergar, e aí eu só volto a ir ao paredão na sétima semana, e depois agora já na reta final, quando eu fui eliminada”, destacou ela.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Rafael Carvalho
Formado em Jornalismo pela Faculdade das Américas (FAM), já apresentou programa de entretenimento relacionado ao mundo dos famosos e entrevistou artistas do meio.
Veja mais ›