Após polêmica, Luan Santana faz críticas a premiação do Multishow

O cantor Luan Santana se posicionou sobre a polêmica envolvendo o Prêmio Multishow 2021. O artista disse que é à favor do voto popular como forma de avaliar o desempenho do cenário artístico nacional.

A resposta de Luan surge poucos dias após Ludmilla anunciar um boicote à premiação. A carioca desistiu de se apresentar no evento após apenas ser indicada a categorias secundárias em meio a um ano de muito sucesso na carreira.

Em entrevista à revista Caras, o artista comentou sobre o fato do Prêmio Multishow acabar excluindo alguns artistas após mudar o modo que escolhe os indicados para a premiação.

Desde 2019 o evento montou uma bancada de jurados compostos por jornalistas, músicos e profissionais ligados à indústria fonográfica para escolher os indicados. Na época, Luan acabou ficando de fora, mesmo tendo um trabalho notável.

“Desde que o Multishow mudou o formato de votação aos indicados, tirando do voto popular, na primeira fase, e passando para uma academia formada por 500 integrantes do mercado fonográfico, formadores de opinião e de entretenimento, que eu só concorri a melhor clipe TVZ (2019 com ‘Vingança’ e, 2020, ‘Asas’. E, pela primeira vez, não ganhei”, relembrou ele.

Agora em 2021 Luan é destaque em três categorias: ‘Cantor do Ano’, ‘Música do Ano’ com Morena, e ‘Melhor Clipe’, também com a canção Morena. “Agradeço os profissionais envolvidos pela indicação e, agora, conto com o meu público na votação dos finalistas”, disse.

Revolta de Ludmilla

No início da semana a cantora Ludmilla surpreendeu os fãs ao decidir ficar de fora do Prêmio Multishow 2021, após notar que o evento não valorizou o seu trabalho como deveria, já que apenas foi indicada em categorias secundárias.

Segundo Ludmilla, ela estaria sendo vítima de um boicote da indústria mesmo sendo uma das maiores cantoras do país nos últimos anos. A funkeira fez questão de mostrar dados importantes que mostram o sucesso de seu trabalho.

“Sou a primeira cantora negra da América Latina a acumular 1 bilhão de streams só no Spotify, hoje são mais de 1.5 bilhão de plays nas plataformas. Meus clipes somam 2.5 bilhões de views, ‘Rainha da Favela’ ficou meses entre as músicas mais tocadas. São os números que falam”, começou.

“Só esse ano lancei o numanice ao vivo, projeto que impactou a cultura brasileira e revolucionou o mercado do pagode de um jeito jamais visto, por ser uma mulher a frente do projeto, projeto que garantiu o vídeo musical solo mais visto de 2021 por uma cantora pop brasileira”, falou.

MAIS LIDAS

Surenã Dias
Formado em jornalismo pela UNIME Salvador, possui passagem por rádio, jornal e trabalha com público de internet desde 2016. Atualmente tem focado em projetos de audiovisual, cultura pop e celebridades.
Veja mais ›