Ator Sérgio Marone choca ao revelar que é ecossexual; entenda o que significa

Sérgio Marone
Sérgio Marone (Reprodução/Instagram)

O ator Sérgio Marone tem mostrado um lado mais ousado e conquistado cada vez mais o coração dos seus fãs. Nesta sexta-feira (16), por exemplo, o artista chamou atenção ao conceder uma entrevista e revelar de forma surpreendente a sua sexualidade.

Durante um bate-papo com o portal Terra, o ator que integrou o elenco de novelas como Cobras e Lagartos (2006), da TV Globo, e Os Dez mandamentos (2015), da Record TV, disse que se considera ecossexual, pessoas que sentem atração pela natureza.

Sérgio Marone revela ser ecossexual e explica o termo

O artista disse que ficou muito interessado pelo termo ao descobrir que são pessoas que têm uma relação de amor com o planeta. O bonitão afirmou que se reconhece e se identifica totalmente.

Ao ouvir pela primeira vez a palavra, rapidamente ele achou que seria algo relacionado a atração por outras pessoas, mas logo tomou conhecimento de que se tratava de uma paixão pela natureza. 

“Quando ouvi esse termo a primeira vez achei tão interessante. São pessoas que têm uma relação de amor com o planeta e eu me reconheço total com isso. De primeira também achei que tinha a ver com atração física , mas não, é sobre se reconectar com a natureza”, revelou ele

Em seguida, Sérgio Marone afirmou que sente muita atração pelas pessoas que têm consciência e responsabilidade com as causas do planeta terra. O famoso ainda destacou que perdeu totalmente o interesse em que costuma jogar lixo no chão e quem não descarta os resíduos de forma correta em casa. 

“E eu acho tão sexy quem tem consciência, quem tem responsabilidade com nosso planeta, não tem nada que me tire mais o tesão de que alguém que joga lixo no chão, que não recicla em casa, que é uma coisa tão básica”, completou ele. 

O termo ecossexual foi usado pela primeira vez por Elizabeth Stephens e Annie Sprinkle, no ano de 2008. Na ocasião, elas afirmaram ter se casado com a Terra. Juntas, as duas criaram o Manifesto Ecossexual, em que elas afirmaram que estvam loucamente apaixonadas pela Terra.