Atriz da Globo, Cinnara Leal lamenta falta de oportunidades: “Infelizmente”

publicidade

A atriz Cinnara Leal está na série A Divisão do Globoplay com a personagem Fernanda. Além disso, ela brilhou recentemente na novela Nos Tempos do Imperador, e já atuou em outros projetos na Globo, como a trama solar Sol Nascente.

Em conversa exclusiva ao Entretê, a artista desabafou sobre a sua paixão pelo Carnaval, representatividade na TV, semelhanças com a Doutora Fernanda, sua personagem mais atual, e sobre política.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Entretê –Como surgiu o seu amor pelo Carnaval?

Cinnara Leal: Na verdade, o Carnaval sempre fez parte da minha vida, principalmente na vida de muitos brasileiros e do povo preto, por ser a nossa história. Quando a gente se conecta cada vez mais com a nossa história, a gente fortalece cada vez mais a nossa identidade, e se torna tudo melhor. A dança também sempre fez parte da minha vida, e quando comecei a frequentar a Sapucaí, tive uma conexão imediata. É um momento de celebrar a nossa resistência.

Entretê – Você enxerga semelhanças com a personagem Fernanda de A Divisão?

Cinnara Leal: Nossa, muitas. Os personagens alimentam mais a gente do que ao contrário (risos). Mas, no caso da Fernanda, ela é uma superação em pessoa. Uma mulher preta que se forma médica nos anos 90 no Rio de Janeiro.. Até hoje a gente enxerga casos de racismos em hospitais, ela se trata de uma grande quebra de tabu. A existência dela em minha vida é uma afirmação de que existe um povo que podem estar presentes em todos os lugares, e sendo eles, de destaques. Ela veio para eu entender que eu estava no caminho certo.

Falta de oportunidades

publicidade

Entretê – Ao longo da carreira, você tem algum personagem favorito?

Cinnara Leal: Nossa, na verdade eu acho que não. A gente tem muito carinho e, temos poucas oportunidades. Sendo uma atriz preta, de 45 anos, com mais de 20 anos, percebo que são poucos personagens que tive a chance de fazer, então a gente vê essa proporção muito pequena. Então, não tem como eu escolher um, eu lembro de todos e infelizmente não foram muitos. Mas, os que eu fiz mudaram minha vida pessoal. Cada um é um filho diferente (risos). Precisamos falar mais de oportunidades.

publicidade

Entretê – Você já teve algum problema de autoestima?

Cinnara Leal: Já sim. Hoje sou empoderada, mas tive muitos problemas relacionados ao cabelo. Cresci ouvindo que meu bumbum estava do tamanho errado no meu corpo. A sociedade é muito cruel, chegar no lugar de se amar, se admirar, são anos pela frente. Há muitas mulheres que nem conseguem se enxergar assim, então hoje eu trabalho todos os dias no meu amor próprio. É um processo de reconstrução de sua própria imagem. Hoje, me sinto muito linda, mas não foi nada fácil. Quem cria esse padrão hoje sou eu, se fortalecer nesse lugar é difícil.

Posicionamento

Entretê –Você gosta de se posicionar sobre pautas coletivas nas redes sociais?

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Cinnara Leal: Eu acho que todo mundo tem o direito de tudo. Mas, a partir do momento que você escolhe uma carreira que tem o poder de influencer pessoas, é preciso repensar sobre falar o que você vai passar para as pessoas. A nossa existência passa pela política. Não é algo terceirizado, ela está presente em nossas vidas, e nas relações. A gente precisa muito pensar sobre o que estamos fazendo para contribuir para esse mundo. Temos que usar isso em um benefício coletivo. Entendo a história de vida que eu tenho, e isso se torna inevitável.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›