Atriz da Globo se revolta e critica cena polêmica de Cara e Coragem

publicidade

Atriz contratada da TV Globo, Ana Hikari, criticou a novela Cara e Coragem, por conta de uma cena polêmica prevista para ir ao ar nesta semana. A atriz se revoltou ao ver que os atores envolvidos em uma sequência com personagens asiáticos são brancos, o que configura yellowface.

Em sua conta oficial do Twitter, Ana Hikari, que é descendente de japoneses, criticou a decisão da Globo. Ela deixou claro que não gostou nada e mandou um recado muito sincero.

publicidade

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Esse emoticon é a minha foto do crachá de atriz contratada da casa cada vez que a empresa faz uns yellowface/whitewashing/abordagens racistas e eu tenho que fingir que está tudo certo”, disse ela.

“Lembrando que isso não é um ataque pessoal a nenhum ator ou atriz ok? Essa questão é muito maior do que uma questão individual”, disse ela em outro tweet.

A polêmica teve início após uma postagem do perfil da Globo nas redes sociais com fotos da cena. Os atores convidados para a sequência de Cara e Coragem foram Bruno de Luca e Ana Clara Lima. Depois das críticas, a Globo apagou as publicações.

publicidade

publicidade

Se revoltou com matéria

Recentemente, Ana Hikari se revoltou com uma matéria produzida pelo programa Mais Você. Na ocasião, o matinal fez uma homenagem a data da imigração japonesa no Brasil mostrando funcionários com o rosto pintado.

Em entrevista concedida ao site Notícias da TV, Ana Hikari disse que o programa foi extremamente racista ao banalizarem a cultura japonesa na matéria.

publicidade

“Pessoas de origem asiática não falam daquela maneira, segundo que a fonética do ‘l’ nem existe na fonética asiática, japonesa especificamente. Aquilo lá é uma maquiagem que nada tem a ver com samurai.”

É uma maquiagem do teatro japonês, é uma coisa específica, sabe? Tudo ali tava muito… Foi extremamente racista, então, eu sinto muito que isso tenha acontecido”, desabafou ela. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Ativismo

Em outro ponto, a atriz afirmou não ser uma ativista das causas. Segundo ela, a verdadeira militância acontece diariamente nas ruas.

“Ativismo é uma palavra que é muito forte. Eu me revogar como ativista de rede social talvez seja enfraquecer esse termo, sabe? Porque o ativismo, a militância, ela acontece muito na rua, nas atitudes físicas, em coisas que realmente façam a diferença no dia a dia das pessoas que estão precisando dessas mudanças sociais”, falou a atriz.

O que você achou? Siga @entreteoficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›