Bárbara Evans fala sobre receio de ter um aborto espontâneo

Bárbara Evans, de 30 anos, usou as suas redes sociais para dividir com os seus seguidores um medo durante a gestação de sua filha Ayla, com o empresário Gustavo Theodoro. Por meio dos stories do Instagram, a modelo abriu o coração e contou sobre o receio de sofrer um aborto espontâneo.

“Estou com 27 semanas, e o medo de perder o bebê, de saber se está tudo bem, nunca passa. Ayla não está mexendo mais tanto, ela está mais tranquila desde sábado. Ontem eu peguei o aparelhinho e fui ouvir o coraçãozinho dela porque estava sentindo mexer, mas não estava tão forte”, disse ela.

É uma paranoia. Achei que o coração estava batendo muito forte, que tinha alguma coisa acontecendo, que ela estava com algum problema. Cada hora a gente tem uma preocupação, e dizem que isso nunca acaba, que quando nasce, piora”, declarou ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Alimentação durante a gestação

Bárbara Evans sempre utiliza as suas redes sociais com o intuito de interagir e responder as curiosidades dos internautas a respeito de sua gestação. A prova disso é que, recentemente a modelo abriu uma caixinha de perguntas no Instagram e foi questionada sobre a sua alimentação durante a gravidez:

“Vocês estão me perguntando o que estou fazendo, porque estou com o rosto mais fino. Eu cortei açúcar total, não como mais tem uns vinte dias. Agora estou caprichando no legume, na verdura, na salada, que não estava conseguindo comer porque me dava gases. Até os cinco meses comi tudo o que queria. Agora resolvi dar uma segurada. As vontades já passaram. Mas também pela minha saúde e ajudar no pós da gravidez. Estou comendo saudável para mim e para a bebê”,

“Arroz eu como só uma colher no almoço. Diminuí tudo, e parei de comer besteiras. Não tem mais ir à médica e ir no Mc [Donalds]. Agora vou à médica e como saudável, até porque eu sempre fui assim, mas na gravidez me deu uma vontade louca de comer tudo e eu me permiti. Agora resolvi me segurar”, falou.

Para finalizar, Bárbara Evans disse que não se cobra muito caso queira comer algo que foge de sua dieta “Estou me sentindo melhor fazendo meu pilates, hidroginástica, e tendo alimentação cem por cento saudável. Para não falar que não saio da dieta, tenho comido no jantar de domingo alguma coisa que tenho vontade, como um sanduíche. Mas se eu sentir vontade de comer, não vou me cobrar. Vou comer. Mas não estou mais com vontade dessas coisas, graças a Deus”, concluiu.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

MAIS LIDAS

Veja mais ›