Bárbara Evans mostra o corpo 9 dias após dar à luz

Bárbara Evans usou as suas rede sociais nesta quarta-feira (13) para mostrar aos seus seguidores sobre a mudança de seu corpo após nove dias da gestação da sua filha Ayla. Nos stories do Instagram, a modelo exibiu a sua silhueta em frente ao espelho e mostrou a sua barriga mais seca.

“Vocês estão pedindo para ver a minha barriguinha. Nove dias pós-parto está assim. Está bom, né? Estou usando cinta, mas só durante o dia. Para dormir, eu tiro. Está bastante inchada. Mas a barriguinha está desinchando. Quadril também está bem grande, ainda. O umbigo fica meio caidinho, mas estamos recuperando”, contou ela.

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Anestesia 

Poucas dias após o nascimento de Ayla, Bárbara Evans contou em suas redes sociais sobre a experiência com a anestesia durante o parto de Ayla. A modelo confessou que começou a passar mal com receio de fortes dores:

“Eu passei mal no começo da cesárea. Comecei a me tremer porque estava com muito medo da dor da anestesia. Estava muito nervosa. A anestesia em si não dói… mas fiquei com muita sensação de desmaio e com vontade de vomitar, mas a anestesista falou que era normal. E ela dá outro remédio em cima, na veia, para que melhore. Fiquei passando mal durante uns cinco ou dez minutos. Mas também pode ser da nossa cabeça, por estar nervosa. Eu falava para o Gustavo ‘Amor, me ajuda! Eu vou morrer’. É uma sensação bem ruim, de morte, mas está tudo bem você. Eles estão vendo, você está sendo monitorada”, contou ela.

Perrengue na reta final

Nos últimos dias, Bárbara Evans abriu o jogo e contou sobre os perrengues na reta final de sua gestação. Em um longo desabafo por meio dos stories, a filha de Monique Evans revelou que estava sentindo fortes dores e incontinência urinária.

“Eu acho incrível como tem mulheres que romantizam a gravidez. É uma coisa maravilhosa, de outro mundo? Eu acho. Nem consigo acreditar que a gente pode gerar uma criança. Mas gente, é normal passar mal. Só recordando: Lá no começo não podia nem escovar o dente, porque vomitava. No final, até hemorroidas acontecem, por conta da pressão da neném. Você sai do banho e continua fazendo xixi, incontinência urinária. Aí é mil maravilhas, viu gente? É o máximo”, contou ela.

“Não sei se as mulheres não querem reclamar por conta do marido. Eu reclamo mesmo, falo a verdade, mesmo. Falei durante a gestação inteira, um monte de gente me criticou. Eu falo a realidade. Vou falar o que: ‘Mijar na calça é muito bom!’ ou ‘hemorroida do final’, e ‘aquela dorzinha quando a gente levanta quarenta vezes para ir ao banheiro, aquela dorzinha aqui embaixo que todo mundo sabe qual é, quem já ficou grávida, é incrível!”, lamentou.

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›