BBB 2022: Douglas comenta sobre momentos de vulnerabilidade

Terceiro lugar do BBB 2022, Douglas Silva participou de uma coletiva de imprensa para nesta quarta-feira (27). O ator disse que está muito feliz com o seu desempenho e trajetória no reality show.

“Pelo que vi, acho que tudo soa positivo para mim e pra a minha família. Maria Flor foi a minha porta-voz, e ela vem de uma geração em que a internet é importante. Vai ser impactante sim, para a minha carreira. Ali, independente de ganhar o prêmio, independente de ser o campeão, é uma coisa boa para todo mundo. Cheguei com meus amigos na final e estou muito feliz, sei que só coisas boas vão acontecer”, disse ele.

Se sentiu vulnerável

SELECIONAMOS PARA VOCÊ

Em outro ponto da entrevista, Douglas Silva disse que em vários momentos sentiu dificuldade ao absorver os ataques sofridos durante as dinâmicas. O ator de Cidade de Deus confessou que por um momento pensou em desistir do reality show:

“O mais difícil foi absorver as pancadas. Tinha medo de ficar frágil e usar meus amigos pra desabafar. A gente criou uma amizade verdadeira e forte, mas todo mundo estava passando a mesma situação. Toda vez que acontecia algo, me chateava. Eu absorvia calado. Eu vi que tenho que conversar sempre com meus amigos, me permitir mais”, contou ele.

“Mas tinha medo de sobrecarregar as pessoas com isso. Uma vez conversando com Scooby, ele me disse para falar e conversar, mas ali o desgaste emocional é tão grande, que eu absorvia sozinho. Pensei mesmo em algum momento desistir, porque não precisava disso. No Jogo da Discórdia as pessoas falaram coisas que não sou. Coisas que nunca ouvi na vida. Mas graças a Deus me mantive forte e fiquei”, afirmou ele a revista Quem.

Jogador neutro

Na sequência, Douglas comentou sobre o fato de ter sido considerado um jogador muito pacifico dentro do jogo. Segundo ele, havia uma dificuldade imensa em separar o jogo das relações pessoais.

“Eu entrei no jogo querendo dar chances de conhecer as pessoas. Não queria entrar e fazer um grupo para atacar ninguém. Eu estaria pré-julgando as pessoas, e isso não faz parte de mim. Não queria ser influenciado e nem influenciar ninguém. Cada um tinha que jogar do seu jeito como eu fiz. Algo mudou quando fui para o jogo da discórdia e levei todas as plaquinhas. Quando me relaciono com alguém é difícil separar o jogo da relação pessoal”, afirmou o ator.

 

O que você achou? Siga @siteentrete no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›